Sua mensagem foi enviada com sucesso!
Parque Estadual Marinho da Laje de Santos é o abrigo de muitos animais marinhos

Blog

Parque Estadual Marinho da Laje de Santos é o abrigo de muitos animais marinhos

Casos e Contos 25/05/2011
Compartilhar

Localizado a 45 quilômetros da costa da cidade de Santos (sentindo nordeste – sudoeste), o Parque Estadual Marinho da Laje de Santos fica em alto mar e abrange não só a Laje de Santos, mas também os parceis do Bandolim, das Âncoras, Brilhante, do Sul e Novo, além dos Rochedos conhecidos como Calhaus.

A ilha, que tem 550 metros de comprimento, é constituída de rochas granítica e seu formato lembra o perfil de uma baleia. Com quase nenhuma vegetação, a Laje reserva grande variedade de vida marinha ao seu redor.

Criado em 1993, com o objetivo de proteger a flora, a fauna e o ecossistema marinho, o Parque Estadual Marinho da Laje de Santos é o primeiro Parque Marinho do Estado de São Paulo.

Os cinco mil hectares de área preservada fazem parte da rota migratória de várias espécies, como baleias e golfinhos, além de ser ponto de parada para alimentação dos animais, muitos protegidos por convenções internacionais, como as baleias-de-Bryde, as raias-manta, tartarugas marinhas e outros.

O Parque abriga ainda diversas espécies de aves marinhas que utilizam o local como área de reprodução e descanso, como as aves atobá marrom, trinta-réis e o gaivotão. Muitos deles encontrados na listagem de fauna brasileira ameaçada de extinção.

Por essas e outras que o Parque Estadual Marinho da Laje de Santos é o lugar preferidos dos mergulhadores. Com água do mar cristalina, temperatura em torno de 23 graus e visibilidade de até 30 metros, os mergulhadores e fotógrafos submarinos podem ver cardumes coloridos, arraias-jamantas, tartarugas, garoupas e raias manta:

“Dependendo da época e da sorte, é possível ver golfinhos e baleias durante a navegação”, garante Edmilson de Araújo Mello Júnior, gestor do Parque Estadual Marinho da Laje de Santos.

Ainda de acordo com o gestor, a principal atividade regulamentada do Parque é a prática de mergulho livre e autônomo e a navegação de embarcações turísticas, além dos trabalhos oferecidos pelas operadoras credenciadas de mergulho.

A visitação do Parque é publica, o ingresso custa R$ 5,00 e pode ser adquirido na sede do Parque Estadual ou nas operadoras de mergulho.

A sede administrativa do Parque Estadual Marinho da Laje de Santos fica na rua Bartolomeu de Gusmão, 194, Ponta da Praia e funciona das 8 às 17 horas.

Mais informações pelo telefone (13) 3261-3445.

Vale lembrar que o Parque Estadual Marinho da Laje de Santos é administrado pelas Unidades de Conservação do Estado de São Paulo sob responsabilidade da Fundação Florestal e da Secretaria Estadual do Meio Ambiente.

Bruna Sales para Bombarco