Sua mensagem foi enviada com sucesso!
Pega leve!

Blog

Pega leve!

Casos e Contos 11/11/2009
Compartilhar

As atividades de lazer em ambientes naturais viraram moda nos dias atuais. As opções, hoje, são variadas, e vão desde um simples passeio de barco no mar, mergulho, canoagem, montanhismo e até trilhas.

No entanto, esses locais exigem cuidados e respeito dos visitantes. Diferentemente das cidades, não é possível realizar trabalhos de limpeza e conservação dos ambientes naturais. O mar é um exemplo disso. Muitos nem imaginam, mas aquela embalagem aparentemente “inofensiva” que às vezes é jogada ao mar, além de poluir também prejudica a vida marinha.

Conscientizar o cidadão sobre a importância da conservação da biodiversidade no Brasil. Esse é o objetivo do Pega Leve!, campanha organizada pelo Centro Excursionista Universitário (CEU) com o apoio do Fundo Mundial para a Natureza – WWF.

O projeto apresenta um conjunto de princípios e práticas para o mínimo impacto do meio ambiente do país, na busca de uma mudança de atitude positiva em relação ao uso público em áreas naturais e de conservação ambiental. Seguindo esses princípios sugeridos nos seus passeios náuticos ou até mesmo em terra, você também poderá ajudar a preservar as condições do ambiente.


Planejamento é fundamental.
Antes de sair, informe-se sobre as condições climáticas do local e consulte a previsão do tempo antes de qualquer atividade em ambientes naturais. Certifique-se também se possui uma forma de acondicionar seu lixo (sacos plásticos) para trazê-los de volta. Aprenda a diminuir a quantidade de lixo e deixe em casa as embalagens desnecessárias.

Você é responsável por sua segurança.
Calcule o tempo total de viagem e deixe um roteiro de viagem com alguém de confiança, com instruções para acionar o resgate, caso necessário. Ao chegar no destino, avise a administração da área que visitada sobre: sua experiência, o tamanho do grupo, o equipamento que é levado, o roteiro e a data esperada de retorno. Em caso de acidente, essas informações facilitarão o resgate.

Conheça as técnicas básicas de segurança, como navegação (uso de mapas e bússolas) e também de primeiros socorros. Nos passeios, leve sempre os itens essenciais: lanterna, agasalho, capa de chuva, chapéu, um estojo de primeiros socorros, alimento e água, mapa e bússola, mesmo em atividades com apenas um dia ou poucas horas de duração.

Cuide das trilhas e dos locais de acampamento.
Se acampar ou fazer alguma trilha, escolha somente os locais pré-estabelecidos, quando existirem. Evite áreas frágeis, que levam um tempo para se recuperar.   

Traga seu lixo de volta.
Embalagens vazias pesam pouco, traga todo o lixo de volta. Nunca queime ou enterre o lixo. Se precisar lavar utensilhos em fontes de água naturais, não utilize sabão ou detergente.

Deixe cada coisa em seu lugar.
Resista à tentação de levar “lembranças” para casa.

Evite fazer fogueiras.
Fogueiras empobrecem o solo e representam uma grande causa de incêndios florestais. Para cozinhar utilize um fogareiro próprio e para iluminar, utilize um lampião ou uma lanterna em vez de fogueira.

Respeite os animais e plantas.
Observe os animais à distância e não os alimente. Não retire flores e plantas silvestres do local.
Seja cortês com os outros visitantes e população local.
Deixe os animais domésticos em casa. Preserve a tranquilidade e a sensação de harmonia que a natureza oferece. Deixe rádios e instrumentos sonoros em casa.

Redação: Bombarco
Fonte: Campanha Pega Leve! Mínimo impacto em ambientes naturais
Fotos: Márcio Ishihara