Sua mensagem foi enviada com sucesso!
Preserve as algas dos oceanos.

Blog

Preserve as algas dos oceanos.

Casos e Contos 25/10/2010
Compartilhar

A seagrass, em português, grama do mar, é uma espécie de alga marinha que vive ao longo da costa do litoral da Flórida. Encontradas, principalmente, nas áreas rasas, elas somam 2,5 milhões de hectares e fazem parte da vida saudável do oceano, como fonte de alimentação para peixes e animais marinhos da região. Seu papel é importante no cenário da pesca de todo o Estado. Isso porque, elas servem de berçário para importantes espécies de peixes e crustáceos comerciais.

Sua função inclui diminuir a velocidade das correntes marinhas, mantendo a boa visibilidade na água, já que elas prendem sedimentos permitindo a penetração de luz e fornecendo sombra e habitat para pequenos animais marinhos.

Porém, as seagrass são algas sensíveis às mudanças ambientais e às atividades humanas como: concentração de nutrientes de esgotos e restos de fertilizantes, poluição e dejetos industriais, aumentos nos sedimentos de erosões da superfície do solo e de atividades exploradoras da terra e das águas, barcos, pesca recreativa, pesca com rede, pesca com explosivos, turismo e mineração também têm contribuído para a perda e a destruição de comunidades de algas.

Foi a preocupação com essas atividades, que, mais uma vez, a Flórida saiu na frente do nosso País e criou programas de fiscalização, de monitoramento e de conscientização para as embarcações que circulam pelo litoral do Estado. O Seagrass Outreach Partnership (SOP), desde 1998, atua por meio de marcas e placas de sinalização instruindo pilotos das embarcações que circulam pelo litoral de todo o Estado, informando as áreas proibidas para barcos com motores.

Além de aplicar multas caso a regra seja quebrada. Se o comandante da embarcação insistir na navegação no local receberá duas multas: uma pelo tráfego em área proibida e outra pela degradação do meio ambiente.

A preservação da seagrass é de extrema importância. Uma vez destruídas algumas algas jamais voltam a crescer. Perda de algas significa perda de ecossistemas marinhos e espécies que dependem da sobrevivência das algas.

Faça a sua parte!

Para evitar acidentes e encalhe dos barcos uma série de providências precisam ser tomadas pelos comandantes das embarcações que circulam tanto no litoral do estado americano, quanto no nosso litoral:

  • As formações de recife que crescem perto da superfície da água e do mar raso fazem com que as águas fiquem da cor marrom. Essas áreas devem ser evitadas para não danificar o motor do barco e para não prejudicar o habitat das algas;

 

  • Areia e o entulho próximos à costa podem ser perigosos. É preciso navegar com cautela nessa situação;

 

  • A água verde geralmente indica uma área livre de recifes e algas marinhas. A navegação de pequenos barcos nessas áreas é segura. No entanto, barcos maiores com calado grande devem ter uma navegação cautelosa;


  • Verifique as marcas de sinalizações no mar. No Brasil, ainda não há este tipo de marcação. Neste caso, fique atento à condição da água, seguindo as instruções acima.


Mais informações sobre o Seagrass Outreach Partnership (SOP) acesse o site: www.flseagrass.org


Bruna Sales para Bombarco
Foto:
Alex Harber, Florida Keys National Marine Sanctuary