Sua mensagem foi enviada com sucesso!
Final de semana a bordo com seu amigo de estimação

Blog

Final de semana a bordo com seu amigo de estimação

Esporte náutico e Lazer a Bordo 14/09/2012
Compartilhar

O Brasil tem uma população crescente de animais domésticos. Segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Alimentos para Animais de Estimação existem mais de 33 milhões de cachorros nos lares brasileiros, número que coloca o Brasil na segunda posição do ranking perdendo apenas para os Estados Unidos.

Muitos donos de embarcação querem desfrutar dos momentos de lazer em companhia do bichinho de estimação. Mas é comum surgirem dúvidas sobre como proceder para embarcar seu animal com segurança e tornar o passeio bem divertido para todos. Para conhecer os princípios básicos o Bombarco entrevistou o professor Rogério Barroso, médico veterinário e apresentador do quadro de veterinária no programa Lar Express, do canal de televisão Bem Simples.

 

 

Confira a entrevista e as dicas:

Bombarco (BB) - Quais os cuidados necessários para uma boa segurança dos animais a bordo?
Veterinário (Vet) -
A primeira atitude, antes de levar o animal de estimação para um passeio a bordo, é ter certeza de que ele está saudável. Por isso, ele deve ter uma rotina de consultas ao médico veterinário. Doenças nas fases iniciais, que ainda não apresentam sintomas, podem se agravar com o estresse do passeio ou com mudanças de temperatura e de pressão atmosférica.

BB - Quais os cuidados com a saúde deles e também nossa, quando estão embarcados?
Vet - Atenção: Filhotes antes de serem imunizados com todas as doses vacinais não devem realizar passeios de barco. Vale ressaltar que eles devem estar com as doses de vermífugos em dia. Muitos dos parasitas de cães e de gatos são zoonoses e podem passar para o ser humano. Alerta especial deve ser com doenças como Anisaquíase e Fagicolose, que apesar de não terem casos descritos em humanos no Brasil. Isso pode ser por falta de diagnóstico do que pela não presença da doença em nosso país, uma vez que estes parasitas estão presentes em peixes do nosso litoral e podem acometer mamíferos, incluindo cães e os humanos.

BB - Os animais costumam enjoar em viagens de barco? Há algum procedimento/medicação para evitar essa situação? Como saber a dosagem correta?
Vet - Assim como nos humanos, os animais também podem ter o que chamamos de cinetose, que é uma alteração dos órgãos do ouvido interno. Se o animal ainda não estiver acostumado com viagens de barco, devemos dar uma atenção especial a alimentação prévia ao passeio. Evitar excesso de alimentos e de líquidos antes do passeio e não mudar o padrão alimentar.
Existem medicamentos que devem ser administrados antes da viagem. Para uma melhor indicação de dosagem e prescrição é necessário procurar o médico veterinário de confiança.

BB - Que raças de cachorros não gostam de água? Como fazer para que gatos e cães se acostumem com a água?
Vet - Existem diversas raças de cães que adoram água e que com certeza vão se divertir muito no passeio. Já a maior parte dos gatos, pela herança ancestral, apresenta certa aversão à água, porém, se acostumado desde cedo eles também podem se adaptar.

BB - Como preparar o ambiente para que o animal fique tranquilo?
Vet - É necessário habituar o animal ao passeio e isso deve ser feito desde filhote. Devemos ter em mente que eles apresentam os mesmos sintomas que os humanos, ou seja, existe a variação de acordo com os locais (lago, mar, rio) e as condições de navegação (calmo, agitado). Estes fatores podem influenciar no comportamento a bordo, de qualquer maneira, devemos dedicar um local seco e calmo para que nossos animais possam se refugiar quando quiserem.

BB - Existem equipamentos de segurança para esses bichinhos?
Vet - Sim, podemos encontrar no mercado diversos modelos de colete salva-vidas para cães. É equipamento indispensável durante o tempo que o animal estiver embarcado. Assim como os humanos, mesmo sabendo nadar, se caem em águas agitadas ou se a tripulação não percebe que ele caiu, ele pode não conseguir subir no barco sozinho e morrer afogado por esgotamento físico.

BB - Cuidados de higiene são necessários em quais situações (por exemplo, vou velejar durante um final de semana inteiro).
Vet - Os cuidados são semelhantes aos dos humanos como a utilização de protetor solar especial para cães (principalmente os de pele clara), evitar os horários de maior incidência solar, promover sombra para eles, hidratação e alimentação leve. Após cada entrada na água, secar com toalha e limpar bem os ouvidos para evitarmos otites (inflamação do ouvido). Outro ponto importante é o banho com água doce após o banho de mar.

Os prós e os contras de levar seu amigo de estimação a bordo:

Prós

  • Não abandonar seu amigo em casa durante o fim de semana ou feriado
  • Ver o animal se divertindo junto com a família
  • É uma forma de exercício saudável
  • Relaxa (caso ele esteja acostumado com estes passeios)

 

Contras

  • Em cães de pele clara a incidência solar pode predispor a câncer de pele
  • Se não for limpo corretamente poderá desenvolver fungos e inflamações
  • Estresse (caso o animal não esteja acostumado ou não se acostume)

 

Saiba quais raças de cães se adaptam melhor aos passeios de barco:

  • Golden Retriever
  • Retriever do Labrador
  • Cocker Spaniel Americano
  • Cocker Spaniel Inglês
  • Springer Spaniel Inglês

São raças facilmente encontradas no Brasil

O professor Rogério Barroso é médico veterinário, mestre em Ciências Veterinárias, coordenador do Curso de Medicina Veterinária da ESFA-ES, conselheiro do CRMV-ES e apresentador do quadro de veterinária no programa Lar Express do Canal Bem Simples - www.rogeriobarroso.vet.br

 

Veja também:

 

Vanessa Xavier para o Bombarco
Foto: Bombarco