Sua mensagem foi enviada com sucesso!
História da Rolex Ilhabela Sailing Week

Blog

História da Rolex Ilhabela Sailing Week

Esporte náutico e Lazer a Bordo 20/06/2011
Compartilhar

Quase quatro décadas. A cronologia do maior acontecimento anual da vela na América Latina, que começou na década de 1970, coleciona recordes e uma história fabulosa.

A 38ª edição do evento acontecerá no próximo mês de julho, entre os dias 2 e 9, no Yacht Club de Ilhabela,  na cidade de Ilhabela, litoral norte de São Paulo, onde a competição teve início no ano de 1973. Se bem que essa história começou muito antes da data de início da competição.

Tudo começou na década de 1950 com o movimento de alguns velejadores da elite da vela paulistana, em direção ao litoral norte paulista na busca por novos locais para a prática esportiva. O grupo, que encarava as dificuldades de acesso à Ilha, teve a ideia de criar uma base de apoio na região, e em 1956, com apoio da Prefeitura da cidade e de outras entidades náuticas, surgiu o Yacht Club de Ilhabela que sediaria o evento nomeado de Semana de Vela de Ilhabela. O encontro de velejadores tornou-se o maior evento de vela da América Latina. Na época apenas barcos de monotipos participavam da competição, que aos poucos foi ganhando espaço no País.

Mas, foi a partir da década de 1980 que a regata passou a receber mais participantes a cada edição, inclusive velejadores estrangeiros e veleiros de oceano, ganhando mais força e importância a cada ano.

Em 2004, a competição foi reconhecida pela Federação Internacional de Vela (ISAF) e entrou para o calendário oficial da federação. Três anos mais tarde, em 2007, passou a ter o patrocínio majoritário da marca Rolex. A partir de então a regata recebeu novo nome e começou a ser chamada de Rolex Ilhabela Sailing Week.

O sucesso do evento é tanto que o impacto econômico para a cidade em pleno inverno é muito relevante. Em apenas sete dias de Rolex Ilhabela Sailing Week, o número de pessoas é equiparado à temporada de verão. A Prefeitura registrou, na edição do ano passado, a visita de mais de 60 mil turistas no município, sem contar as vagas de empregos temporários que crescem em até 15%.

A 38ª edição

Neste ano, a Rolex Ilhabela Sailing Week terá as classes: S40, ORC, HPE 25, J-24 e BRA-RGS. O calendário de provas começa na manhã do dia 3 de julho com as regatas Alcatrazes por Boreste - Marinha do Brasil, Ilha de Toque-Toque por Boreste e Renato Frankenthal - HPE 25.

Uma novidade para este ano é na classe S40 que adotará julgamentos de protestos dentro da água. Para agilizar o processo e seguir a tendência mundial de eventos de classes one design, a organização escolheu um juiz com larga experiência internacional. O profissional destacado é o gaúcho Nelson Ilha, que já atuou em dois Jogos Pan-Americanos e em três Olimpíadas, além de integrar o quadro oficial da ISAF. Ele acompanhará as regatas de perto e julgará os pedidos de protesto na hora.

Curiosidade

O velejador mais atuante da competição é o empresário e atual presidente da Mitsubishi Motors, Eduardo Souza Ramos, que além de ter participado mais vezes, também é o que mais coleciona medalhas, já foi campeão oito vezes.

Eduardo foi o primeiro velejador a ganhar o troféu na classe Snipe. Hoje, tripula um barco na classe S40, categoria com alto nível técnico e é um dos patrocinadores da competição com a marca Mitsubishi Motors.

Todas as informações contidas acima foram obtidas por meio da assessoria de imprensa do evento, ZDL.

Bruna Sales para Bombarco.
Foto: Bombarco