Sua mensagem foi enviada com sucesso!
Mergulho: Conheça melhor e tenha momentos inesquecíveis

Blog

Mergulho: Conheça melhor e tenha momentos inesquecíveis

Esporte náutico e Lazer a Bordo 04/04/2009
Compartilhar

Mergulho: Conheça melhor e tenha momentos inesquecíveis.

O mergulho é uma prática que proporciona imagens e sensações inesquecíveis,mas para isso é preciso treinamento e muita precaução em relação à segurança. Existem diversos tipos de mergulho e cada um deles necessita de equipamentos e técnicas diferentes que permitem desfrutar de um mundo com animais e plantas subaquáticas de formas e cores surpreendentes.

Para se iniciar nesta aventura é importante passar primeiramente pela técnica de snorkeling, a mais simples e segura. Os equipamentos necessários são apenas máscara, snorkel e nadadeiras. O mergulho consiste em nadar na superfície com o auxilio das nadadeiras e observar o fundo através da máscara, respirando através do snorkel.

Outro tipo de mergulho que exige o mínimo de equipamentos é o mergulho em apnéia, no entanto, este exige um bom preparo físico e cardiorespiratório, pois a técnica consiste em fazer mergulhos mais profundos sem respirar. O desafio é controlar a expiração do ar entre a descida e a subida.

O próximo passo é o mergulho em três tempos (jogando as pernas para cima e deixando o peso do corpo o levar para a profundidade desejada). Com essa técnica dominada, já é possível experimentar o mergulho com cilindro, também conhecido como scuba. Para praticá-lo é preciso fazer um curso básico, ou o “Open water diver”, que dá condições aos alunos de descerem a uma profundidade de até 18 metros, podendo alugar equipamentos em qualquer lugar do mundo.

Os equipamentos básicos para o mergulho com cilindro são: máscara, nadadeiras, lastro, colete equilibrador ou BCD (Buoyancy Control device, regulador e octopus (fonte alternativa), cilindro de ar comprimido e roupa de mergulho. A locação destes equipamentos custa em torno de R$ 20,00 cada peça no litoral brasileiro.

Outro tipo de mergulho é o que se realiza em naufrágios e exige um pouco mais de conhecimento para que se consiga entrar nas embarcações naufragadas com segurança.
Mesmo sem a técnica de mergulho em naufrágio, é possível ter emoções incríveis só de estar em volta das embarcações que estão no fundo do mar. Em Ilha Bela, pode-se ver o Velásquez, em Salvador, o Cavo Artemides e em Queimada Grande, o Tocantins.

Fazendo cursos, as habilidades aumentam e é possível explorar novas experiências de mergulho, como o noturno, onde pode-se ver polvos, lulas, moréias se alimentando, raias curiosas e peixes que ficam quase dormindo, como os budiões. O valor para fazer o curso básico no Brasil é de aproximadamente R$ 250,00 a R$380,00, mas procure se informar antes, pois o custo pode variar bastante dependendo da região e da época do ano.

Confira algumas dicas do mergulhador profissonal Gustavo Manna para suas aventuras subaquáticas:

 

- Verificar se há os equipamentos necessários e seu estado de conservação;
- Sinalizar o local de mergulho com uma bóia e uma bandeira, evitando acidentes com outras embarcações;
- Sempre mergulhar em dupla e nunca sozinho, evitando assim qualquer problema de mal estar ou enrosco em redes;
- Nunca hiperventilar (respiração mais rápida e mais profunda do que o normal) em mergulhos livres, pois pode ocasionar o apagamento (desmaio);
- Se quiser mergulhar com cilindro, faça um curso de mergulho básico;
- Se quiser mergulhos noturnos, profundos, naufrágio, faça um curso de mergulho avançado;
- Equalizar desde o começo da descida, nunca prender a respiração e nunca inflar o colete equilibrador para subir;
- Preste atenção em correntes, arrebentações, má visibilidade, águas frias e profundidades;
- Se o local for uma reserva marinha ou qualquer unidade de proteção, não retirar nada do fundo;
- Permanecer neutro e não tocar os animais, principalmente os que apresentam coloração berrante;
- Se necessário, convide um instrutor para acompanhar seus mergulhos.

Siga nossas dicas, faça tudo com segurança e bom mergulho!

Waypoints: Ilhabela 23°55'01.47" S / 45°19'25.99" W


GUSTAVO MANNA CESAR


Gustavo Manna Cesar é biólogo com especialização em biotecnologia pela Universidade Federal de Santa Catarina e mestre em gestão de resíduos em atividades portuárias pelo Senac. Sua paixão pelo ambiente aquático o levou a se formar instrutor de mergulho em Florianópolis e desde 2007 é mergulhador profissional.

fotos: Arquivo pessoal / jornalista: Aline Eira MTB: 55.879-SP