Sua mensagem foi enviada com sucesso!
Um mergulho em Aruba com o submarino Atlantis VI

Blog

Um mergulho em Aruba com o submarino Atlantis VI

Esporte náutico e Lazer a Bordo 26/10/2011
Compartilhar

Bon Bini! Em papiamento – principal língua falada nas ilhas caribenhas – a expressão quer dizer bem-vindo e, é a forma natural de recepção feita aos visitantes de Aruba, no Caribe.

Aruba, localizada a 30 quilômetros da costa venezuelana, tem apenas 31,5 quilômetros de comprimento e 9,6 quilômetros de largura no ponto mais largo. A ilha, de areia fina e branca, registra temperaturas entre 24 e 30 graus durante todo o ano, tem apenas 100 mil habitantes e 30 hotéis e resorts de luxo ao longo da orla sudoeste.

Além do cenário natural deslumbrante e da Divi-Divi – árvore-símbolo de Aruba, sempre inclinada por causa dos fortes ventos –, a ilha também dispõe de dezenas de atividades esportivas e culturais, além de centros de compras livres de impostos, bares, restaurantes e cassinos dentro da maioria dos hotéis.

O destaque está na grande diversidade de vida marinha que pode ser vista de perto pelos visitantes em um passeio de submarino. O Atlantis VI, submarino construído em 1990, permite viagens a 45 metros de profundidade e leva em torno de 50 pessoas.

O passeio dura pouco mais de uma hora. São uns 20 minutos para chegar até o local da submersão, mais 30 minutos submerso, quando é possível conferir naufrágios repletos de corais e arrecifes, e o retorno que também dura 20 minutos em média.
Segundo Fabio Cardoso, engenheiro civil, que fez o passeio em setembro deste ano, a experiência é bem interessante:

Ver o submarino de perto é impressionante. O Atlantis VI é grande e confortável”, comenta Cardoso.

O engenheiro conta que viu a carcaça de dois naufrágios, que a água é bem limpa e que a embarcação chamou a atenção assim que emergiu para o embarque, feito por uma escotilha em cima do submarino. Os passageiros ficam sentados olhando através das janelas.

O passeio custa em torno de cem dólares e é operado pela Atlantis Submarines. A moeda oficial é o florim antilhano, mas o dólar americano é aceito em praticamente todos os estabelecimentos, assim como cartões de crédito. Para conhecer o Caribe não é necessário visto para brasileiros.

Além do submarino a ilha reserva muitas outras atrações imperdíveis. Os esportes náuticos e passeios de jipes são práticas frequentes na ilha. E vale a pena conhecer a reserva ecológica do Parque Nacional Arikok, que preserva um quinto do território de Aruba.

Há cavernas e ruínas históricas e a famosa Piscina Natural protegida da costa nordeste por uma formação de pedras, e locais como a Fontein Cave e as minas de ouro de Miralamar. Para assistir o pôr-do-sol, um dos mais bonitos, a dica é ir à Baby Beach.

Informações sobre o Atlantis VI você pode obter no site da operadora - www.atlantisadventures.com

 

Veja Também:


Vanessa Xavier para o Bombarco
Foto:
Fabio Cardoso