Sua mensagem foi enviada com sucesso!
Alessander Lenzi, 19 anos de muita adrenalina praticando Freestyle

Blog

Alessander Lenzi, 19 anos de muita adrenalina praticando Freestyle

Manutenção de Equipamentos 15/07/2012
Compartilhar

Uma carreira de sucesso. Essa é uma das maneiras que a trajetória do corredor de freestyle Alessander Giardini Lenzi pode ser definida. Isso porque o competidor de 38 anos leva em seu currículo uma lista grande de títulos, como os Campeonatos Mundiais da IJSBA (International Sports Boating Association), e da UIM (Union Internationale Motonautique), o Mundial de Freerider organizado pela IFWA (International Freeride Watercraft Association), além dos Mundiais dos Estados Unidos, Tailândia, Rússia, França e Marrocos, sem citar os campeonatos conquistados em território nacional.


Com tantos títulos na bagagem, é difícil imaginar que no início da carreira Lenzi trabalhava no ramo de construção e terraplanagem, negócio administrado por sua família. O piloto foi o primeiro em sua família a se aventurar a realizar manobras com um jet ski.  Agora, no entanto, ele já “ganhou companhia” no esporte. “Os meus três filhos praticam o jet ski como hobby, e minha filha de 18 anos já ganhou o Campeonato Brasileiro Amador”, comenta.


> Encontre jets skis à venda nos Classificados Bombarco!


Foi em 1993 que o piloto comprou seu primeiro jet ski. “Logo em seguida comecei no esporte. Andava com o meu jet na praia de Balneário Piçarras, onde tive casa a vida toda”, lembra. O esportista conta que decidiu praticar Freestyle porque achava o esporte muito divertido “Você precisa estar sempre criando, trabalhando tanto na máquina como nas manobras”, explica ele.


Entre os títulos conquistados, o piloto conta que todos são importantes, mas destaca os Campeonatos Mundiais dos Estados Unidos e Tailândia como os mais marcantes, além do Campeonato AmericanoEste último eu conquistei em 2002, e como era uma competição realizada nos Estados Unidos e com todos os juízes americanos foi uma das mais difíceis de ganhar. Sou o único piloto fora dos EUA a ‘faturar’ esse campeonato”, lembra.


Atualmente, além de competir, Lenzi também realiza apresentações de Freestyle em diversos lugares pelo mundo. Essa rotina de apresentações já o fez passar por 30 países diferentes. Mesmo assim, o piloto diz que é possível conciliar todas as atividades. “Hoje em dia só participo de campeonatos que gosto muito, não vou a todos. Então dá para trabalhar, competir e fazer as apresentações”, explica.


Para manter a forma, o esportista treina as manobras que pratica em frente a sua casa, em Balneário Piçarras. “O desafio maior é ficar amigo do equipamento cada dia mais, repetindo as manobras para aperfeiçoá-las”, avalia o piloto sobre o desafio de praticar Freestyle.


E quem já assistiu uma competição de Freestyle, com certeza já deve ter se impressionado com tantos voos e saltos radicais realizados com o jet ski. Lenzi conta que prefere realizar as manobras áreas, que segundo ele, são mais emocionantes. “O 360 duplo na onda é muito ‘louco’, e também uma manobra que quase nem um piloto no mundo faz”, brinca. Sobre a “radicalidade” das manobras, o piloto conta que a sensação de participar de uma prova de Freestyle é um misto de adrenalina com a preocupação em fazer tudo perfeito."É uma loucura! São muitas manobras ao mesmo tempo, com o público vibrando... é muito ‘louco’”, define.


Para aqueles que pretendem começar uma carreira na modalidade, o veterano dá algumas dicas para ajudar os iniciantes a começarem com o “pé direito” no jetÉ importante ter um bom equipamento, usar sempre o colete e roupas apropriadas para treinar ou competir, além de ter muita vontade de querer fazer as manobras”, ensina Lenzi. Quem sabe esses conselhos não são o segredo do sucesso do campeão?

> Consulte o preço de jet skis na Tabela Bombarco


> Encontre diversos modelos de jet skis à venda nos Classificados do Bombarco!


Juliana Barbosa para Bombarco
Foto: Divulgação
Vìdeo: Bombarco