Sua mensagem foi enviada com sucesso!
Banheiro a bordo

Blog

Banheiro a bordo

Manutenção de Equipamentos 26/01/2015
Compartilhar

Um banheiro a bordo é sinônimo de conforto, especialmente para quem, mesmo não pernoitando no barco, fica horas longe da terra.

Alguns estaleiros oferecem barcos a partir de 20 pés equipados com banheiro, como a Focker 240, da Fibrafort, a FS 230 Scappare, da FS Yachts, a Coral 24, da Coral, e a Triton 200, da Triton Boats. E barcos maiores com cabine e indicados para pernoite têm pelo menos um banheiro fechado.

Os banheiros são geralmente compostos por pia, ducha ou chuveiro, e vaso sanitário - manual, elétrico ou a vácuo. O primeiro funciona com uma bomba que puxa água do mar para o vaso e elimina os dejetos; o segundo conta com um macerador que tritura os dejetos antes de descartá-los; e, no último, o vácuo suga o conteúdo da privada.

Cada um tem sua vantagem. Geralmente, os estaleiros trabalham com modelo e marca específicos, oferecendo algumas opções aos clientes.

Uma caixa coletora ou tanque de águas negras pode fazer parte do pacote de opcionais oferecido, como faz a Fibrafort e a Império Yachts, enquanto outros fabricantes incluem o acessório como item de série, como Bayliner, Sea Ray e Sessa Marine.

“Temos uma forte preocupação ambiental. Quando criamos nossos barcos, não pensamos só no impacto da nossa linha de produção, mas também na experiência de uso dos nossos clientes. Nosso estaleiro foi um dos pioneiros no Brasil a colocar o tanque de águas negras nos modelos standart de nossas embarcações,” explica a Intech Boats, estaleiro responsável pela construção das lanchas Sessa no Brasil. Ter esse item a bordo garante que os resíduos do seu banheiro não serão despejados no mar.

E, falando em cuidado com o meio ambiente, alguns barcos contam com biodegradador - que funciona como um sistema de tratamento de esgoto dentro do barco.

Evitando problemas
Como qualquer banheiro, o toalete a bordo precisa de cuidados para funcionar bem. O principal cuidado que se deve tomar é não jogar no vaso nada que ele não foi feito para receber, como papel ou outros itens. Eles podem danificar o funcionamento do equipamento e causar entupimentos, que também podem ser causados pelo acumulo de incrustações ocasionado pelo uso de água do mar para descarga.

A Associação de Proprietários de Barcos dos Estados Unidos (BoatUS) aconselha despejar 400 ml de vinagre branco no vaso uma vez por mês para evitar o problema:
Passe o vinagre através do vaso sanitário aos poucos, dando uma bombeada a cada 4 ou 5 minutos. Quando o vinagre tiver passado por todo o sistema, bombeie um galão de água doce para limpar o encanamento.

Outro problema comum enfrentado com banheiros a bordo é o mau cheiro, que também pode ser causado pela água do mar parada no vaso. Não deixar a água salgada ficar muito tempo no vaso, ou utilizar água doce para descarga são opções para evitar o problema. Também é possível que o cheiro tenha contaminado a mangueira de descarga, se for o caso, a solução é trocar o item.

A limpeza do banheiro deve ser feita com cuidado: não use produtos que podem danificar o barco, como abrasivos, ou que sejam nocivos ao meio ambiente. A Nautispecial oferece produtos biodegradáveis criados especialmente para limpeza de barcos, e algumas empresas são especializadas em limpeza náutica. Consulte nosso Guia do Capitão!

Marília Passos para Bombarco
Foto: Divulgação/Sessa Marine