Sua mensagem foi enviada com sucesso!
Marcelo Ferrari – Broker leva a sua experiência no mercado náutico para a web

Blog

Marcelo Ferrari – Broker leva a sua experiência no mercado náutico para a web

Manutenção de Equipamentos 27/06/2012
Compartilhar

Explorar um segmento de mercado ainda não aproveitado até o momento. Foi assim que Marcelo Ferrari resolveu entrar para o ramo de “broker”, depois de perceber que o mercado estava carente de profissionais dessa área focados na venda de barcos usados e de terceiros. “Percebi que só as revendas dos estaleiros Intermarine e Ferretti tinham esse tipo de serviço, por isso resolvi criar o meu site, o Barcos na Web, com foco exclusivo em classificados”, conta Ferrari.

Experiente no mercado náutico, Ferrari começou a trabalhar na área em 1993. “Comecei na antiga Mesbla Náutica. Porém, por causa de boatos de fechamento, saí de lá em 1995, mas minha paixão pelo meio náutico continuou. Eu tinha um jet ski que eu usava todo final de semana. Em 2005, por meio de algumas amizades, comecei a trabalhar na Regatta onde fui o responsável pela parte de venda de lanchas usadas, tanto do estoque da loja como o de clientes. Trabalhei lá até o ano passado”, relembra.

Atualmente, Ferrari tem se dedicado ao seu site, buscando conhecimentos no segmento. “Meu grande desafio a partir de agora é divulgar o Barcos na Web e me tornar um broker conhecido, com credibilidade no mercado e que trabalha com bons produtos”, avalia. Paralelamente ao trabalho no site, o broker também tem atuado como parceiro da Universo Náutico ajudando a loja a vender o seu estoque de lanchas usadas.

Ferrari acredita que para atuar nessa profissão é essencial que o profissional tenha características como honestidade e conhecer o meio náutico. “Por isso sempre busco estar conectado aos meus clientes participando de eventos importantes ou visitando marinas. Também gosto de conhecer e ver pessoalmente cada produto que ofereço, pois assim posso apresentar a lancha com mais segurança”, explica.

Com uma longa experiência no mercado, Ferrari não consegue calcular quantos barcos já negociou durante a sua carreira. “Não consigo calcular em números, mas sei que é uma quantia significativa, tanto que montei o meu próprio negócio focado nesse ramo”. Para ele, a chave do sucesso é saber identificar o que o comprador realmente deseja. “Para os que estão comprando o primeiro barco eu procuro indicar o melhor custo-benefício possível. Sempre digo para os meus clientes que eles precisam comprar lanchas de marcas conceituadas e que tenham liquidez no mercado. Já para aqueles que estão trocando de embarcação, não há muitos conselhos. Só procuro mostrar a verdade e apontar os diferenciais em cada produto ofertado”, conclui.

 

Juliana Barbosa para Bombarco
Foto: Divulgação