Sua mensagem foi enviada com sucesso!
Velejadora dá dicas para conservar seu barco

Blog

Velejadora dá dicas para conservar seu barco

Manutenção de Equipamentos 26/06/2015
Compartilhar

Lorena Kreuger, 30, velejadora desde os oito anos de idade e praticante de esportes de ação como surf, kitesurf e stand up paddle (SUP), dá dicas para guardar e conservar seu barco (lancha, veleiro ou jet ski).

Segundo Lorena ter um barco é um sonho, mas exige uma série de cuidados para que ele dure muito mais tempo e proporcione segurança e conforto. Com algumas atitudes simples é possível aproveitar toda vida útil da embarcação. Siga as dicas:

Limpeza do casco

É preciso ter muito cuidado com o casco. Se a embarcação é de madeira, tanto o verniz quanto a pintura podem ser bem sensíveis e fragilizar o seu equipamento. Sem a devida atenção o casco pode ficar menos vistoso. Portanto, o primeiro passo é “adoçar” seu barco, ou seja, lavar o casco com água doce. Outra dica bacana é tentar, ao menos uma vez por ano, lavar toda a estrutura com detergente suave biodegradável ou neutro. Para finalizar, é aconselhável passar um bom produto de acabamento, como uma cera de boa qualidade e depois lustrar com uma flanela ou toalha macia seca.

Se o seu barco fica em vaga molhada, é necessário um cuidado a mais: periodicamente ele precisa ser içado para a limpeza da parte debaixo do casco, retirando as eventuais cracas que se aderem ali e, logicamente, tendo o cuidado para não danificar a pintura ou o verniz.

Tenha atenção à limpeza das peças em inox

As peças em aço inox também carecem de alguns cuidados particulares. É importante evitar o contato de objetos de aço comum com o inox, pois isso pode contaminá-las e acabar fazendo com que oxidem. Se isso ocorrer, uma solução levemente ácida (feita com limão ou vinagre) pode contribuir para reduzir os danos. Mesmo um material de alta qualidade pode sofrer com a exposição à maresia e criar uma oxidação superficial. O ideal é usar limpadores de metal específicos para manchas leves e proteger todas as peças metálicas com um óleo indicado para isso.

Cuidado com os materiais que nunca devem ser usados

Palhas de aço devem ficar longe da embarcação, pois, além de remover o verniz do casco de madeira pintado, podem danificar as peças de aço inox. O mesmo vale para esponjas rugosas, que podem arranhar a estrutura e causar manchas de difícil remoção. Produtos de limpeza à base de cloro também devem passar longe, bem como saponáceos abrasivos. Além de quimicamente prejudiciais, podem acabar com o brilho da superfície.

  Saiba como conservar o motor

O motor é o coração do barco e também precisa de certos cuidados. É importante lavá-lo com água doce sempre que o barco sair da água salgada. Também não se esqueça de ligá-lo a cada 15 dias e fazer a manutenção preventiva de seis em seis meses. O anodo de sacrifício também precisa ser regularmente trocado.

Essas são as dicas mais essenciais para você conservar seu barco por muito mais tempo. Ele é invariavelmente um veículo resistente, mas você também precisa fazer a sua parte para aumentar a sua vida útil e navegar com muito mais segurança. Depois disso, é só aproveitar todo o prazer que ele proporciona e ter dias inesquecíveis no mar!

  *Lorena Kreuger é desenhista industrial formada pela UDESC com especialização em projetos de barcos pelo Westlawn Institute of Marine Technology (EUA) e MBA em gestão empresarial pela Sustentare Escola de Negócios. Está há sete anos na gestão do estaleiro Kalmar, com sede na cidade portuária de Itajaí (SC) e é grande conhecedora do universo marítimo.

O estaleiro tem a capacidade de construir, reformar e dinamizar qualquer tipo de embarcação. As principais linhas de barcos produzidos pela Kalmar são: clássicos em madeira como os Lobster L35, L35 Classic, Lancha Runabout IT22 e o Veleiro Clássico K8; barcos composites (casco de fibra e convés e acabamentos em madeira) como a Lancha Garda 22; e, as embarcações one off, únicas e exclusivas.

> Consulte o preço de lanchas na Tabela Bombarco


> Encontre diversos modelos de lanchas à venda nos Classificados do Bombarco!



Redação Bombarco
Fonte: Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação