Sua mensagem foi enviada com sucesso!
Conheça o tuning de barcos

Blog

Conheça o tuning de barcos

Mercado 20/08/2012
Compartilhar

Você já ouviu falar em tuning de barcos? Ao contrário dos convencionais carros equipados com luzes coloridas, sons potentes, rebaixados, dentre outras características adquiridas após saírem da fábrica, os barcos tunados costumam ser modificados no próprio estaleiro durante a produção.

André Jannini, proprietário do estaleiro Maxmarine e especializado na tunagem dos barcos que fabrica, aponta a pintura especial em 3D, a sonorização externa com controle remoto, o home theater interno com Playstation 3 e as câmeras de porão e de proa como os itens estéticos mais comuns nas modificações. Já na parte mecânica comumente é feita a preparação de motores por meio da injeção, blower, jogo de escapes e CMI diretos; são adicionados flaps especiais de 16 polegadas com duplo acionamento; além de portas, mesas e solarium hidráulicos, abertos por comando.

A Maxmarine não realiza o tuning em barcos de outras marcas e, no caso dos barcos que são modificados após a produção, André adverte que o custo e o tempo são mais elevados: o preço tende a aumentar de 5% a 20% no valor do barco e levam aproximadamente 60 dias para a conclusão do trabalho. Isso porque existe a necessidade de grande mão de obra para desmontar e montar a máquina e redimensionar a rede elétrica para evitar sobrecarga. Já no caso dos barcos que são tunados durante a fabricação o tempo necessário para que fiquem prontos é praticamente o mesmo de um barco comum, já que as tarefas são coordenadas, ou seja, realizadas ao mesmo tempo.

O estaleiro Maxmarine conta com quatro modelos de embarcações de 43,5 pés que são o S, SS, Full e R. Segundo André, quase todos os modelos S e SS produzidos são tunados. Em quase dois anos de produção seriada, 10 barcos foram produzidos pelo estaleiro e a metade deles foi modificada. Dentre as razões que levam a modificação de barcos destaca-se o desejo ter algo inédito, único, além de confortável.

Por ser cara e dar despesas altas, uma lancha estilizada não é comprada racionalmente. Os motivos que levam a compras desse tipo envolvem realizações pessoais.“Fabricamos mais do que um produto, possibilitamos que os clientes possam realizar seus sonhos”, completa André.

 

Renata Itaborahy e Vanessa Xavier para o Bombarco
Fotos: Divulgação