Sua mensagem foi enviada com sucesso!
Novo acesso Santos-Guarujá trará benefícios para os municípios e mercado náutico da região

Blog

Novo acesso Santos-Guarujá trará benefícios para os municípios e mercado náutico da região

Mercado 22/06/2011
Compartilhar

O Projeto da ponte ou túnel que ligará a cidade de Santos ao Guarujá não é uma discussão nova no Governo do Estado de São Paulo.

Apresentado em março do ano passado pelo governador José Serra, a proposta tem gerado discussão e ainda não saiu do papel. Aliás, papéis, já que existem diferentes projetos. Segundo a assessoria do Governo do Estado de São Paulo o projeto ainda passa por um período de análise para uma possível aprovação. O que se sabe é que um novo acesso entre as cidades será construído, porém a forma que ganhará é mesmo uma incógnita.

Informações extraoficiais publicadas pelo jornal santista A Tribuna , garantem que a Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S.A)  finaliza um estudo para ligar os municípios por meio de um túnel pré-moldado.
Túnel ou ponte, quais as melhorias que o novo acesso trará para as cidades e para o segmento náutico da região?

Para Juan Alfredo Rodriguez, diretor da Marinas Nacionais, localizada no Guarujá, o novo acesso traria melhora significativa tanto no tráfego entre Santos –Guarujá quanto a solução para o congestionamento enfrentado na estrada de Cubatão diariamente a partir das 15 horas.
“A construção de uma nova via de acesso é necessária para a região portuária e litorânea”, diz Juan.

A prefeita do Guarujá, Maria Antonieta de Brito, considera que uma ligação seca entre Guarujá e Santos é fundamental para o desenvolvimento da região:

“A construção desta ligação é o desejo da população do Guarujá e da Baixada Santista”, relata Maria Antonieta.

Na visão da prefeita, as duas opções (ponte ou túnel) são viáveis, mas possuem vocações diferentes. Para ela, uma iniciativa não exclui a outra:

"É uma questão de necessidade. Nossa população não pode mais sofrer com as filas da balsa, que aconteciam somente na temporada e hoje acontecem a cada dia que temos grande fluxos de navios no porto”, explica Maria Antonieta, que também preside o Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Baixada Santista (Condesb).

Atualmente mais de 25 mil veículos utilizam a balsa como principal via de acesso entre as cidades. Na temporada de verão o número é triplicado, o que ocasiona mais de 40 minutos de espera na travessia.
Segundo a assessoria de imprensa do Governo do Estado de São Paulo a obra ainda não tem previsão de início e os valores da construção da linha de acesso, assim como suas medidas, ainda não foram totalmente definidos.

Suposições apontam que caso uma ponte seja construída ela terá 80 metros de altura e 4,6 quilômetros de extensão, orçada em cerca de R$ 700 milhões. Já, segundo informações veiculadas no jornal Estado de São Paulo, na semana passada, a construção do túnel custará R$ 1 bilhão. A obra seguirá moldes já utilizados na ligação no Estreito de Bósforo, na Turquia, usando peças pré-moldadas de concreto ou aço.  
A Prefeitura de Santos não se pronunciou sobre o projeto.

Bruna Sales para Bombarco
Foto: Bombarco