Sua mensagem foi enviada com sucesso!
Pontoon boats chegam ao Brasil

Blog

Pontoon boats chegam ao Brasil

Mercado 28/10/2013
Compartilhar

Os pontoons boats parecem ser a nova aposta do mercado náutico para o Brasil. Em agosto, a americana Bayliner fez o pré-lançamento dos seus modelos 21 e 23 pés, durante a 2ª Brunswick Boat Expo, no Joinville Iate Clube, em Santa Catarina, e, em outubro, foi a vez de a brasileira VCat lançar seu pontoon 750 Prelúdio, um protótipo do modelo 750 Aurora.

Um barco diferente


Em inglês, pontoon quer dizer flutuador e são justamente flutuadores de alumínio, dois ou três, que sustentam o convés destes modelos de barco, por isso o nome. O deck tem formato retangular e é bastante amplo, com muito espaço para sentar e circular, além de ter um acabamento bastante refinado. Mesas e biminis criam um ambiente ideal para uma festa a bordo.

A motorização é de popa e varia de acordo com o tamanho da embarcação. O pontoon de 21 pés da Bayliner, por exemplo, pode receber um motor de 115 HP, e de 23 pés suporta até 150 HP. Já o 750 Prelúdio, com pouco mais de 25 pés, tem motorização de até 175 HP. Luciano Hazan, gerente da marca Bayliner no Brasil, destaca como ponto forte dos pontoons “a estabilidade quando parada, sem risco de adernar”.

Os barcos são indicados para navegação em águas calmas e, por isso, as empresas investem no mercado no interior do Brasil, que é rico em águas abrigadas. “Temos milhares de quilômetros de rios, baías, lagos, represas e o pontoon já foi projetado para este fim. Estamos apostando no pontoon justamente por entender que o Brasil tem todas as condições para incorporar o modelo ao portfólio já disponível no momento,” comenta Hazan.

As atividades a bordo de um pontoon são as mesmas a bordo de uma lancha, passeios, pescarias, traslados, mas com a tranquilidade e espaço que o novo modelo de barco oferece. Benedito Prado Neto, que assina o design dos pontoons da VCat, explica que decidiu construir pontoons porque queria  mais conforto e tranquilidade na navegação, mas sem perder o prazer de pilotar um barco a motor.

Neto se inspirou nos modelos americanos – os pontoons fazem muito sucesso nos Estados Unidos e Canadá – para criar os seus barcos, mas revela que fez algumas alterações para deixá-la mais ao gosto do brasileiro, como a inclusão de uma banheiro na popa.

Já a Bayliner trouxe os dois primeiro modelos importados dos Estados Unidos e Luciano Hazan afirma que “inicialmente, não há adaptações a serem feitas, tendo em vista que o modelo atende perfeitamente as necessidades e as condições de navegação que encontramos no Brasil”. Mas não descarta a possibilidade de fazer mudanças no modelo no futuro. “Temos uma equipe preparada para atender as customizações necessárias,” explica o gerente da marca, que já acrescentou a seus modelos detalhes para agradar o cliente brasileiro.

Os pontoons têm preço fixado acima de R$ 100 mil, dependendo muito do tamanho do barco e da motorização escolhida. Os barcos da Bayliner custam entre R$ 130 mil (21 pés com motor 115 HP) e R$ 160 mil (23 pés com motor 150 HP). E o da VCat custa em torno de R$ 120 mil.

> Consulte o preço de lanchas na Tabela Bombarco


> Encontre diversos modelos de lanchas à venda nos Classificado do Bombarco!


Marília Passos para Bombarco
Fotos: Brunswick Boat Group