Sua mensagem foi enviada com sucesso!
Problemas com a bateria do seu jet ski?

Blog

Problemas com a bateria do seu jet ski?

Mercado 30/12/2009
Compartilhar

Hora de dar a partida, e, para a sua surpresa, o jet não “pegou”. Seria problema com a bateria? A situação descrita, com certeza, já deve ter acontecido com muitos usuários e proprietários de motos aquáticas. Geralmente, o dispositivo responsável pela produção de corrente elétrica é apontado como o principal motivo de uma eventual falha no funcionamento do equipamento. Mas você sabe como escolher a bateria correta para o seu jet ski?

Na hora de trocar o dispositivo, utilize sempre aquele tipo especificado pelo fabricante de sua moto aquática. Não é preciso utilizar a mesma marca, mas fique sempre atento a dois itens: a voltagem e a amperagem da bateria.

Um erro comum entre os proprietários de jet é utilizar as baterias de automóveis. Com amperagem muito superior do que as recomendadas para as motos aquáticas, este tipo de bateria pode comprometer a parte elétrica do seu equipamento.

Além de danificar o retificador (dispositivo responsável por recarregar a bateria), o motor de arranque também pode ser prejudicado, já que o mesmo não suporta seguidas partidas sem um tempo de intervalo.

Apesar de custarem bem mais – às vezes até três vezes mais do que as líquidas, especialistas dizem que as baterias seladas têm durabilidade maior. Além disso, ela também é recomendada pela facilidade e comodidade de não precisar verificar o nível de água.

A bateria original da maioria dos modelos de jet skis – seja de motores dois ou quatro tempos – é de 12 volts e 19 amperes. Dispositivos de 12 volts, com 16 a 18 amperes também pode ser utilizados nas motos aquáticas. Vale lembrar que o tipo de bateria vai depender do modelo recomendado pelo fabricante.

Os valores também variam, conforme o tipo e a marca. É possível encontrar baterias para jet ski com motorização dois tempos a partir de R$ 150. No caso dos importados, há modelos que chegam a custar mais de R$ 500.


Cuidados


Alguns cuidados na conservação da bateria podem evitar contratempos no passeio com o seu jet ski. Veja algumas dicas selecionadas pelo Bombarco:

- Caso o seu jet fique parado por mais de 20 dias, recarregue periodicamente a bateria. Sem a carga, o equipamento não funciona;

- Toda vez que for utilizar o equipamento, um dia antes, verifique a carga do dispositivo. Caso esteja baixa, dê carga lenta com um aparelho de carregar bateria, que pode ser facilmente adquirido e encontrado, até mesmo em lojas de peças para motocicletas. Este procedimento evita problemas na hora de dar a partida com o equipamento já na água;

- Caso o jet ski, mesmo com a bateria carregada e em boas condições, não funcione com uma partida normal (de dois a sete segundos no máximo) o equipamento pode estar com algum tipo de problema: falha na carburação, velas, motor sem compressão, motor de arranque ou parte elétrica.

- Nunca force a partida demasiadamente para não danificar os outros componentes. Procure um mecânico para verificar o problema.


> Encontre empresas especializadas para a manutenção do seu jet ski no Guia de Empresas Bombarco!

> Consulte o preço de jet skis na Tabela Bombarco


> Encontre diversos modelos de jet skis à venda nos Classificados do Bombarco!


Thassia Ohphata