Sua mensagem foi enviada com sucesso!
Tendências da decoração de interiores em barcos já estão no mercado náutico

Blog

Tendências da decoração de interiores em barcos já estão no mercado náutico

Mercado 30/08/2010
Compartilhar

Foi-se o tempo em que a moda só interessava ao mundo de glamour das passarelas e da decoração de mansões. Hoje, as tendências da decoração do bom gosto invadiram, também, o mercado náutico. Iates milionários revestidos de brilhos em chintz (tecido de algodão) e cetim ou no padrão de oncinha ficaram para trás.


Com o avanço da tecnologia e a chegada de novos produtos, a vida a bordo ficou muito mais fácil e confortável. E nada mais justo do que tornar o ambiente elegante e bem apresentável: uma decoração natural e moderna que tenha tudo a ver com o gosto do dono.


Muitos estaleiros investem e acreditam que uma boa e moderna decoração faz toda a diferença. O estaleiro Intermarine, líder em lanchas de alto desempenho no Brasil, é um exemplo. Conhecida pela sofisticação de suas embarcações, a Intermarine destina a decoração dos barcos a Karol de Paula, que há quatro anos é a responsável pela área de decoração do estaleiro e das revendas.


Recentemente a profissional assinou o novo design do interior da Intermarine 760 Full, um 76 pés de quatro suítes, que no final de 2009 ganhou novo acabamento com móveis de linha reta, em madeira clara contrastando com madeira escura, e com apliques de couro nas forrações da cama e nas portas. A decoração das embarcações ganha cada vez mais destaque no mercado náutico com a participação de toda a família nas escolhas pelo conforto em alto mar.


De acordo com a decoradora da Intermarine, Karol de Paula, o dono do barco deve escolher a decoração pensando no seu dia a dia:
“Cada cliente define a decoração do seu barco durante o processo de construção. O objetivo é colocar eletrodomésticos, estofados, paredes e pisos, passando pelo enxoval de cama, mesa e banho, tudo ao gosto e estilo de vida da família” explica Karol.

Dicas de decoração


Os tecidos e objetos usados na decoração de uma lancha ou iate, por exemplo, têm de seguir algumas regras. Segundo Karol objetos de prata são proibidos:

“Nenhum acessório em prata é bem-vindo em barcos, pois a manutenção é impossível. Ficam escuros em menos de meia-hora de contato com a maresia”.


Menos é mais. Todos os objetos além de fazer parte da decoração têm que ter alguma utilidade com materiais e formas adequadas:


“Os objetos decorativos devem ter base reta para serem colados às superfícies e não se moverem quando o barco navegar. Os materiais mais recomendados na hora da compra são: inox, madrepérola, policarbonato e cristal com titânio”, afirma a decoradora.


Outra dica muito importante é a utilização de tecidos leves de fibras naturais como algodão nas cores claras e ao mesmo tempo coloridas.

Quanto custa?

 

O valor da decoração interna varia conforme o tamanho do barco e o grau de sofisticação solicitado pelo proprietário:


“Uma excelente decoração, com enxoval feito de tecidos de mil fios egípcios, toalhas bordadas, enxoval para marinheiro, utensílios para cozinha, almofadas e colchas pode custar na faixa de R$ 40 mil para uma embarcação de três suítes”, finaliza.

> Encontre empresas especializadas em decoração para lanchas no Guia de Empresas Bombarco!

> Consulte o preço de lanchas na Tabela Bombarco


> Pesquise os diversos modelos de lanchas, veleiros, jet skis e barcos de pesca à venda nos Classificados do Bombarco!


Bruna Sales para Bombarco
Foto: Bombarco