Sua mensagem foi enviada com sucesso!
Bavaria Cruiser 45 - Resistência germânica

Blog

Bavaria Cruiser 45 - Resistência germânica

Meu Barco 09/05/2013
Compartilhar

Dona de uma empresa de charter em Angra dos Reis, Renata Liu precisava de um veleiro que resistisse bem ao intenso uso que a natureza do trabalho exige. Na hora de comprar, escolheu importar um alemão Bavaria Cruiser 45, no qual viu o melhor custo-benefício da categoria. Um ano e meio depois, a empresária garante estar feliz com a escolha: o motor Volvo D-2 de 55 hp  já tem 1.300 horas de uso, o que a maioria dos veleiros leva anos para alcançar, mas o barco segue navegando como se fosse “zero quilômetro”.

A área interna do Bavaria 45 também é bastante resistente, de acordo com a proprietária. Como a empresária escolheu o modelo com quatro cabines, o barco às vezes leva até 10 pessoas nos passeios, mas não dá sinais de desgaste em nenhum material (madeira ou estofados). Para a satisfação de Renata e dos clientes, a estabilidade do barco é muito boa, o que ideal é para diminuir a probabilidade de alguém ficar mareado e manter os copos de vidro inteiros.

Para completar, a navegação do Bavaria 45 também agradou a velejadora, já que, com quase 16 toneladas, o Caju Amigo (nome tirado de um drink tropical) veleja muito bem, tendo alcançado 17 nós de velocidade com vento em través de 30 nós, e 11 nós de velocidade com vento em orça de 20 nós.

Além dos passeios semanais por causa do charter, o barco também já fez a travessia do Atlântico quando veio da Europa para o Brasil, já foi e voltou de Recife e participa, de forma não competitiva, na Semana de Vela de Ilhabela.

Detalhes

No projeto, Renata fez algumas escolhas que o estaleiro da Alemanha oferece, com uma quilha menor, deixando o barco com 1,73 m de calado, ao invés de 2,10 m. Ela reconhece que a quilha mais curta não é a ideal para quem quer orçar muito o barco, mas para o uso que ela faz está excelente.

Outra decisão, no entanto, causa arrependimento na velejadora e empresária: a escolha da forma como guardar a vela mestra. A velejadora não quis a opção de enrolar a vela e preferiu a baixar a peça e guarda-la na capa, mas hoje vê que deveria ter ido por outro caminho, pois a mestra do Bavaria 45 é muito grande e dá muito trabalho guardá-la. Um conselho para quem está comprando um modelo igual: “Escolham enrolar a vela”.

Ficha técnica - Bavaria Cruiser 45

Comprimento: 14,27 m
Boca: 4,35 m
Calado: 2,10 m ou 1,73 m
Peso leve: 12.600 kg
Tanque de combustível: 210 l
Tanque de água doce: 360 l
Pé direito do salão: 2,06 m
Motorização: Volvo D2-55

Quer saber mais sobre os veleiros Bavaria? A Mar & Vela é representante da marca no Brasil.

Marília Passos para Bombarco
Fotos: Bavaria Yachts