Sua mensagem foi enviada com sucesso!
Bayliner Cruiser 350: inovação e design com um jeito bem brasileiro

Blog

Bayliner Cruiser 350: inovação e design com um jeito bem brasileiro

Meu Barco 02/08/2011
Compartilhar

A lancha Cruiser 350 é a novidade da marca americana Bayliner. Fabricada nos Estados Unidos, a embarcação traz itens de série, como: gerador, ar-condicionado, plataforma de popa com quase 1,5 metros, além de um cockpit adaptado para o público brasileiro, com muito espaço.

O barco de 35 pés traz ainda uma novidade. Um sofá em “L”, o maior sofá já visto em uma embarcação desse porte, que acomoda oito pessoas e pode ser também convertido em solário de casal na parte traseira do barco.

A Cruiser 350 conta com uma ampla cabine, que acomoda seis pessoas para pernoite.

A motorização fica por conta dos motores Mercruiser. Com várias opções, tanto diesel como gasolina, a parelha pode atingir, respectivamente, de 400 a 640hp e 520 a 600hp.

Ficha Técnica

Comprimento: 10,5 metros
Boca: 3,35 metros
Calado: 0,66 – 1,03 metros
Ângulo do “V”: 18°
Combustível: 606 litros
Água: 132,5 litros
Tripulação dia/noite: 10 / 6 pessoas
Motorização: Mercruiser (diesel ou gasolina)

Sobre a Bayliner

A história de Bayliner Boats teve início em 1950 quando Orin Edson, um piloto de barcos apaixonado e empreendedor começou sua carreira vendendo seus próprios barcos de corrida em um estacionamento em Seattle, Washington. Em 1957, Orin Edson vendeu seu primeiro OMA Bayliner, um barco de madeira fabricado em Tacoma, Washington. Em 1958, com os negócios em expansão, Edson abriu um showroom. O que começou como um barco muito utilizado, logo se transformou em um negócio de várias marcas de lanchas.

Em 1969, a primeira linha de montagem Bayliner foi construída em terrenos adquiridos pela Puget Plásticos, em Arlington, cidade base Bayliner de fabricação por quase 40 anos.

No Brasil, a Bayliner é importada exclusivamente pelo estaleiro catarinense Fibrafort.

Mais informações no site www.baylinerbrasil.com.br

Bruna Sales para Bombarco
Foto: Divulgação