Sua mensagem foi enviada com sucesso!
Transporte de veleiro: Conheça as diferenças e preços

Blog

Transporte de veleiro: Conheça as diferenças e preços

Meu Barco 11/01/2018
Compartilhar

Muitos estaleiros estão localizados distantes da água, ou mesmo em cidade e até estado diferente da que a embarcação adquirida será utilizada. Por isso, o serviço de transporte náutico é indispensável. São as empresas especializadas nesse serviço que vão garantir a segurança e legalidade do transporte do seu barco.

 

Já falamos por aqui sobre transporte de barcos, na matéria "Transporte de lanchas: entenda como funciona" sobre preços, regras de transporte e outros detalhes. Se quiser saber mais, clique no título em destaque.

 


 

transporte de veleiros tem cenário bastante parecido, mas deve ter alguns cuidados. Continue lendo para saber!

 

Em primeiro lugar é preciso verificar se a empresa é confiável, possui recomendações e o seguro obrigatório. Claudinei Couto, da CSC Transporte, conta que o transporte náutico não é muito comum no setor logístico, por isso merece ainda mais cautela no momento da decisão. “É importante verificar se a transportadora possui o seguro RCTR-C (Responsabilidade Civil do Transportador Rodoviário de Carga). Essa apólice é imprescindível!”, afirma.

 

Ainda assim, é importante verificar o tamanho da embarcação, rotas e que horários ela possui permissão para trafegar. Tudo isso contando com o acompanhamento das licenças de transporte, escolta credenciada para D.E.R/DNIT e programação junto às concessionarias por onde o barco vai trafegar. Essas responsabilidades também devem ser checadas junto à transportadora escolhida.

 

Outro ponto que deve ser levado em conta é a frota da transportadora, se ela é renovada constantemente e, claro, se possui o equipamento ideal para levar o seu barco, veleiro ou jet ski. Lembrando que existem caminhões ideais para levar cada tipo de embarcação, de acordo com o seu tamanho, peso e estrutura.

 

E no transporte de veleiros? O que muda afinal?

 

A resposta está justamente no que diferencia esse barco: a quilha. "É preciso muita atenção e cuidado ao transportar veleiros por conta da sua quilha. Mesmo barcos pequenos, podem ter grandes quilhas, o que deixa a embarcação mais alta. Na CSC, por exemplo, transportamos veleiros de até 45 pés com a quilha, mas tudo depende da altura que ela alcança. Se ultrapassar a altura permitida (4,40m) e/ou a rota possuir viadutos, temos que desmontar”, conta Claudinei, que complementa dizendo que a carreta precisa ter um encalhe de boa qualidade e em bom estado.

 

Já o preço para transportar um veleiro pode variar muito. Depende do tamanho do barco, da equipe necessária e do trecho a ser feito. Para se ter uma ideia, para o transporte de um veleiro de 20 pés, no trecho de São Paulo a Guarujá, o preço inicial é de R$1500,00.

 

Redação: Bombarco:

Fotos: CSC Transporte

 

Faça um orçamento aqui