Sua mensagem foi enviada com sucesso!

Notícias

Catástrofe ambiental no Golfo do México deixa muitos prejuízos

24/09/2010
Compartilhar

Nesta semana foram divulgados os números finais da catástrofe ambiental ocorrida no Goldo do México, em abril. Na estimativa da British Petroleum (BP) o montante de despesas chegou a 9,5 milhões de dólares, o que inclui os gastos para conter e limpar o petróleo, a perfuração dos furos de socorro, as verbas pagas aos Estados ribeirinhos e às autoridades federais, bem como, as indenizações aos particulares.

Já segundo cientistas o total de oléo derramado no Golfo do México chegou perto de 700 milhões de litros. O que revelou a quantidade de petróleo derramado por dia desde o dia do acidente, 20 de abril até a sua contenção, 15 de julho: 9 milhões de litros.

Thad Allen, o almirante que supervisiona a reação do governo norte-americano ao desastre, informou no domingo, 19, que com uma descarga final de cimento, a petrolífera fechou permanentemente o poço no Golfo do México.

O desastre reduziu o valor de mercado da BP em cerca de 70 bilhões de dólares e, também, levou a empresa a substituir o presidente-executivo Tony Hayward pelo norte-americano Bob Dudley, que tomará posse em 1º de outubro.

Redação Bombarco
Foto: AFP