Sua mensagem foi enviada com sucesso!

Notícias

Christopher Eppig fala sobre a importância do saneamento básico na prevenção de doenças infecciosas

21/03/2011
Compartilhar

O cientista Christopher Eppig, do departamento de Ciências Biológicas da Universidade do Novo México, nos Estados Unidos, falou na manhã desta segunda-feira, dia 21, durante o VI Fórum Água em Pauta, sobre a importância do saneamento básico na prevenção das doenças infecciosas nas cidades e sobre a relação do índice de QI (coeficiente de inteligência) com tais doenças.

Segundo Eppig, o saneamento básico de um município é a ação mais importante na administração da cidade. Cólera, disenteria e diarréia são a principais doenças diagnosticadas em regiões carentes de tratamento especifico de água e de esgoto. Há, ainda, outras 28 doenças listadas pela World Health Organization (WHO/OMS) [http://www.who.int/], que também ocorrem pela falta de saneamento básico.

Ainda de acordo com o cientista o QI da população também tem importância na prevenção de doenças causadas pelo não tratamento de água e esgoto numa cidade ou região:

Quanto maior o índice de QI de uma população, menor será o número de diagnóstico de doenças infecciosas”, garantiu Christopher Eppig.

Redação: Bombarco
Foto: Bombarco