Sua mensagem foi enviada com sucesso!

Notícias

Copa Mitsubishi Motors chega ao fim sem surpresas em Ilhabela

06/12/2010
Compartilhar

A 10ª edição da Copa Mitsubishi Motors de Vela Oceânica / Circuito Ilhabela terminou neste domingo, 5, com a realização de uma regata.

Após quatro etapas, desde março deste ano, a competição premiou os veleiros mais regulares da temporada, que teve entre 20 e 27 regatas, dependendo da classe. Entre os campeões, destaque para o Orson/Mapfre, na ORC Club, o Jazz, na RGS-A, o Palmares, na RGS-B e o Ginga, na HPE.

A Comissão de Regatas do Yacht Club de Ilhabela aproveitou o vento Sul, que soprou em torno de 8 nós no início da tarde de domingo, para armar a raia de barla-sota no Canal de São Sebastião. A flotilha, com 40 veleiros, disputou a primeira regata de seis milhas náuticas (cerca de 11 quilômetros). Como a correnteza aumentou e o vento diminuiu de intensidade, a Comissão decidiu não fazer a segunda prova que estava programada, até porque todos os participantes ainda retornariam à sede do Yacht Club de Ilhabela para a premiação final da temporada.

Na última regata do ano, o Orson/Mapfre, de Carlos Eduardo Souza e Silva, não precisou fazer muito esforço, pois velejou com o título garantido. Isso facilitou as ações para o Samurai Ni, de Marins Alves de Camargo Neto, destaque e vencedor da quarta etapa, única que participou no ano. Mesmo em segundo, a tripulação do Orson, formada por velejadores de Ilhabela, comemorou o bicampeonato (em 2009 ganhou na ORC Internacional).

A competitiva BRA-RGS não apresentou surpresas. Na RGS-A, o Jazz, de Valéria Ravani, dominou o campeonato. Venceu a última regata e o título geral. Apenas perdeu por pouco a quarta etapa para o Fram, de Felipe Marinho Aidar. Na RGS-B, o predomínio foi ainda maior do Palmares, de José Romariz. De 22 regatas em 2010, o barco do Yacht Club de Ilhabela venceu 13 e fechou com chave de ouro este domingo. O Palmares ganhou também na Classe Delta 32. Na RGS-C, o Rainha/Marinhas Nacionais, de Leonardo Pacheco, foi o grande vencedor do domingo, da etapa e do ano.

A HPE, com barcos rigorosamente iguais de 25 pés, mostrou crescimento e muito equilíbrio. Foram 18 veleiros brigando por posições ao longo da temporada. O campeão foi o Ginga, que teve dois comandantes devido à contusão do proprietário Breno Chvacier. Ele entregou o timão, na metade do ano, para Vicente Melo Monteiro, que manteve a regularidade e garantiu o título.

A Bico de Proa A apresentou um barco muito acima dos adversários. O Cocoon, de Marcelo Caggiano, ganhou 13 das 20 regatas de 2010 e não teve dificuldades para assegurar a taça. Na Bico de Proa B, o Tabarly, de Fábio Rivetti, foi o destaque. Na Skipper 21, o Saruê, de Diego Zaragoza, também não encontrou dificuldades. Ganhou fácil a etapa e o título.

Terminada a premiação da temporada, a diretoria do Yacht Club de Ilhabela já inicia os trabalhos para organizar a 11ª edição em 2011.

Classificação final

ORC-Club - com 4 descartes
1- Orson/Mapfre (Carlos Eduardo Souza e Silva) - 26 pontos perdidos
2- Fantasma (Reginaldo Costa) - 53 pp
3- Asbar II (Sérgio Klepacz) - 66 pp
4- Realizado (José Luís Apud) - 70 pp
5- Orson/Sereloco (Fábio Faccio) - 79 pp

RGS-A - com 4 descartes
1- Jazz (Valéria Ravani) - 27 pp
2- Inaê (Bayard Umbuzeiro Filho) - 48 pp
3- Jyllic II (Martin Bonatto) - 61 pp

RGS-B - com 4 descartes
1- Palmares (José Romariz Filho) - 24 pp
2- BL-3/Bematech (Clauberto Andrade) - 46 pp
3- Blue Too/LaLampe (Domingos Carelli Neto) - 53 pp

RGS-C - com 4 descartes
1- Rainha (Leonardo Pacheco) - 32 pp
2- Helios Neurotech (Marcos Gama Lobo) - 46 pp
3- Ariel (Luiz Henrique Pimenta) - 53 pp

HPE25 - com 4 descartes
1- Ginga (Breno Chvacier/ Vicente Melo Monteiro) - 53 pp
2- HeliSolutions (Dario Galvão) - 97 pp
3- Max (Anderson Biason) - 99 pp
4- Iansã (Arthur Vasconcellos) - 115 pp
5- Stella Artois (F ábio Bocciarelli) - 175 pp

Bico de Proa A - com 4 descartes
1- Cocoon (Marcelo Caggiano) - 17 pp
2- For Sale (Decio Goldfarb) - 50 pp
3- Ydypy (Marco Antonio Aleixo) - 59 pp

Bico de Proa B - com 4 descartes
1- Tabarly (Fábio Rivetti) - 25 pp
2- Ilhasailing (Winston Guy) - 51 pp

Skipper 21 - com 4 descartes
1- Saruê (Diego Zaragoza) - 16 pp
2- Alegria (Carlos Alberto Gallo) - 39,5 pp
3- Sextante (Thomas Shaw) - 44 pp

Delta 32 - com 4 descartes
1- Palmares (José Romariz Filho) - 28 pp
2- Fantasma (Reginaldo Costa) - 53 pp
3 - BL3/Bematech (Clauberto Andrade) - 67

Confira as fotos: X Circuito de Ilhabela Copa Mitsubishi Motors

 

Redação: Bombarco
Fonte: ZDL – www.zdl.com.br
Foto: Bombarco