Sua mensagem foi enviada com sucesso!

Notícias

Coquetel marca abertura da Rolex Ilhabelha Sailing Week

19/07/2010
Compartilhar

Um Coquetel com direito a diversas homenagens marcou a noite deste sábado, 17 de julho, onde foi iniciada a 37ª edição do Rolex Ilhabela Sailing Week, maior evento de vela da América do Sul. Este ano,158 veleiros estão inscritos, sendo 143 nacionais e outros 15 estrangeiros.

O Rolex Ilhabela é organizado pelo Yacht Club de Ilhabela, com patrocínio da Rolex, Mitsubishi Motors, Semp Toshiba e Bradesco Private Bank.

Na abertura, José Manuel Nolasco, Diretor de Vela do Yacht Club de Ilhabela agradeceu a participação de tantos velejadores brasileiros e estrangeiros, os patrocinadores oficiais e também o apoio da Prefeitura de Ilhabela e da Marinha do Brasil. “São 37 anos de um evento de alto nível, e por isso reservamos esta noite para homenagear nossos parceiros e grandes amigos que participam conosco deste projeto”, disse.

O Almirante Bittencourt, da Marinha do Brasil, recebeu a primeira homenagem da noite e lembrou a parceira entre o clube, a Marinha, a prefeitura da cidade e os velejadores, que juntos difundem a cultura marítima em todo o país: “Precisamos manter essa cultura viva, num país que tem um litoral extenso e incomensuráveis riquezas”, lembrou o Almirante, que coordena ações importantes na Marinha, desde a capitania de São Sebastião.

Emoção em meio à noite de festa

O Comodoro Fanucchi, do Yacht Club de Ilhabela, foi homenageado e presenteado pela Marinha, com uma réplica de um farol em miniatura, e fez um discurso emocionado: “Este presente de muito bom gosto me lembra o farol de Gênova, na Itália, e também meu falecido avô que serviu a marinha em Veneza, embora fosse natural da Toscana. Este homem veio ao Brasil e aqui trabalhou muito durante toda a sua vida. Lembro que ele tinha um apartamento na Ponta da Praia, em Santos, e gostava de caminhar na praia observando os marinheiros nas embarcações. Nessas caminhadas nós o acompanhávamos lado a lado, e meu pai seguia cantando o Cisne Branco enquanto víamos os barcos entrando na baía”, lembrou o Comodoro.

Fanucchi também lembrou a participação ativa da Marinha, engajada em ações como o recolhimento dos destroços do avião da Air France que caiu no Oceano, em 2009, e também na campanha de ajuda aos nordestinos que sofreram com as chuvas de outono.

Também foram homenageadas importantes personalidades como o Almirante Casais e Comandante Rocha, da Marinha do Brasil; Benevides, diretor da Escola Naval, que participa ativamente das iniciativas do Yacht Clube; Antonio Collucci, prefeito de Ilhabela; Capitão Marcelo Rey de Lima, do navio patrulha Guajará; Desembargador Vieira de Moraes; Comandante Carlos Brancante, um dos mais experientes velejadores brasileiros; Comandante Inácio Vandresen, do Yacht Clube de Santa Catarina; Comandante Alisson Godoi, do catamarã Atlantis; Comandante Oscar, da embarcação Supernova; Carlos Eduardo Sodré, da Comissão de Regatas; Carlos Eduardo de Macedo Costa, conselheiro do Yacht Clube de Ilhabela e Delegado Wanderley Paganini.

  • Redação: Bombarco
    Foto: Carlo Borlenghi