Sua mensagem foi enviada com sucesso!
Dessalinizador de água para barcos: Água doce à vontade para toda tripulação

Notícias

Dessalinizador de água para barcos: Água doce à vontade para toda tripulação

29/12/2013
Compartilhar

Ficar sem água doce no barco pode acabar com qualquer passeio, mas regular demais o consumo de água da tripulação para evitar voltar à marina para reabastecer também não fará bem ao clima a bordo. Para evitar problemas de abastecimento de água, uma solução é a instalação de um dessalinizador, equipamento que transforma a água salgada do mar em água potável através da osmose reversa, processo físico químico que filtra o sal e as impurezas da água.

Para saber mais sobre o equipamento, conversamos com a equipe da Marine Express, que trabalha com os equipamentos da HRO Systems.

Apenas para maiores

 

Christiano Sestini, da Marine Express, afirma que os dessalinizadores são indicados para embarcações (lanchas e veleiros) com mais de 40 pés. E na hora de escolher o modelo de acordo, no quesito capacidade, o que mais se leva em consideração é o tamanho do tanque de água doce e a quantidade de água que será consumida. “Se temos uma embarcação acima de 40 pés onde o tanque é de 1.000 litros e o consumo é de 200 litros por dia, sabemos que o dessalinizador terá que trabalhar entre duas e três horas para repor a quantidade de água sem mudar a rotina dos tripulantes,” explica Sestini.

É importante lembrar que os dessalinizadores de embarcações de lazer não são construídos para trabalhar 24 horas por dia, sete dias por semana. Eles devem ser acionados de acordo com a necessidade da embarcação. Os modelos podem produzir de 55 a 180 litros de água potável por hora. O dessalinizador HRO 700, que produz 110 litros/hora, é o mais popular e custa R$ 49.294,99.

Quem quiser, pode complementar o sistema com um esterilizador Ultra Violeta, que remove até 99,9% das patogenias da água. O aparelho custa R$ 2.464,73.

> Encontre empresas especializadas em manutenção para sua embarcação no Guia do Capitão



Instalação e manutenção

 

A instalação do dessalinizador de osmose reversa é razoavelmente simples, pois o equipamento é modelar, ou seja, é possível distribuir os componentes em áreas livres da casa de máquinas. Além disso, o equipamento precisa de uma tomada, uma saída de água salgada e uma ligação com o tanque de água doce. A própria revenda faz a instalação e o preço do serviço depende diversos fatores, como tamanho, tipo, localização do barco etc.

A limpeza é feita através de uma bomba que faz uma retrolavagem automática de todo o sistema com água dessalinizada para descontaminação. E a manutenção se resume a troca dos filtros, que retiram partículas suspensas da água, os plânctons e as impurezas, quando estão sujos - a durabilidade dos filtros depende da qualidade da água filtrada no dessalinizador e a quantidade de uso.

Além disso, é preciso fazer uma intervenção anual, que consiste em uma lavagem química do dessalinizador para controle de PH e bactérias, e troca de óleo da bomba principal, responsável por gerar a pressão necessária na linha de água salgada dentro das membranas para iniciar o processo de osmose reversa.

> Consulte o preço de lanchas na Tabela Bombarco

 

> Pesquise os diversos modelos de lanchas, veleiros, jet skis e barcos de pesca à venda nos Classificados do Bombarco!


Marília Passos para Bombarco
Fotos: HRO Systems