Sua mensagem foi enviada com sucesso!

Notícias

Nove golfinhos são mantidos presos em Taiji

06/09/2010
Compartilhar

Voluntários da Sea Shepherd não serão os únicos a defender os golfinhos em Taiji, os amantes de golfinhos do mundo todo estão começando a convergir por lá.

Após Michael Dalton, líder da Campanha da Sea Shepherd em Taiji, ser perseguido e interceptado pela Guarda Costeira e pela Polícia do Japão ontem, 5, pela manhã, uma patrulha da Guarda Costeira japonesa mantém a guarda, já que para eles a presença da Sea Shepherd no local é muito sério.

"Ontem à noite observamos fora do porto o cercado onde os golfinhos estão, e vimos que os pescadores estão em alerta vermelho por aqui, e estão convencidos de que a Sea Shepherd mais uma vez fará um ataque bem sucedido contra as redes – os guardas foram posicionados em quatro veículos em dois pontos observando os cercados com faróis e luzes constantemente, e a troca de guardas a cada hora" disse Michael Dalton.

A Sea Shepherd fez uma movimentação para verificar as redes, a enseada e o cercado no porto – sem redes para cima, todos os barcos ancorados no porto.

"O nosso apelo para colocar os pés na areia aqui no marco zero desta campanha é destinado a um único propósito – obter o maior número de pessoas que dizem que se preocupam com os golfinhos, e são capazes de chegar até aqui – para virem aqui."

"Se uma centena de pessoas pudessem estar aqui durante todo o calvário enfrentado por estes golfinhos, o assassinato poderia ser reduzido, ou até interrompido completamente. Estes golfinhos não deveriam ter que morrer fora da vista e da mente. Não precisa ser a mesma centena de pessoas. As pessoas podem vir por duas semanas ou mesmo alguns dias e, então, serem substituídas por outras. Certamente a compaixão para com os golfinhos podem trazer corpos para o marco zero aqui em Taiji."

Redação Bombarco
Fonte: http://seashepherd.org.br
Foto:
Michael Dalton / Sea Shepherd