Sua mensagem foi enviada com sucesso!

Notícias

Novidades no mundo dos jet skis

16/11/2009
Compartilhar

Conheça os novos modelos de motos aquáticas apresentadas em outubro na 12ª edição do São Paulo Boat Show. Veja mais fotos dos modelos e também da feira na Cobertura de Eventos.

Kawasaki
Representada pela Pica Pau Racing (SP), que a partir do próximo ano torna-se uma concessionária de jet ski, a Kawasaki apresentou alguns dos modelos lançados nesse ano.

Dentre as novidades da pioneira nos modelos de moto aquática, está a Ultra 260 LX: equipada com motor 1498 cilindradas, quatro tempos, 16 válvulas, injeção eletrônica e 260 hp e tanque de combustível de 80 litros.

A autonomia é de quatro horas, e a velocidade pode chegar a 72 milhas/hora. O guidão é escamuteado, ou seja, permite que a altura e a posição sejam reguladas. O modelo também vem acompanhado de duas chaves. Uma delas limita em 50% a velocidade do equipamento, e é indicada para aqueles que não possuem experiência ou não estão acostumados com o jet.

Outra novidade é o Ultra 250 X, que possui as mesmas características do 260 LX e só não possui o banco em formato anatômico. O preço médio de qualquer um dos dois modelos é de R$ 70 mil.

Dos modelos stand up (em pé), o destaque é o 800 CXR. Com 800 cilindradas e 80 hp, o modelo esportivo é equipado com motor dois tempos e tanque de combustível de 18 litros. O equipamento pode atingir velocidade de até 60 milhas. Preços a partir de R$ 37 mil.


Yamaha
Representada pela concessionária Jetco, de São Paulo (SP), a marca lançou no Boat Show dois modelos de jet skis de alta performance, que podem atingir velocidade de até 72 milhas/hora. Equipados com coluna telescópica, painel multifunção, casco de fibra NanoXcel, bancos esportivos, os modelos FZS e FZR possuem motores quatro tempos, quatro cilindros, 1.812 cilindradas e injeção eletrônica.

Qualquer um dos dois modelos custa a partir de R$ 65 mil. O valor também pode ser financiado em até 36 vezes, sem juros.“A crise está indo embora, nesse mês que passou já temos um saldo positivo e a tendência, agora com a chegada do verão, entre outubro e março, é das vendas aumentarem mais ainda”, diz o vendedor Umberto Brito.

Outro modelo de destaque, bastante procurado na concessionária, é o VX Cruiser, pelo fator custo-benefício. Preços a partir de R$ 39 mil (motor quatro tempos, quatro cilindros, 110 HP de potência). Há também a versão dois tempos, que sai por R$ 27 mil. “No entanto, por causa do carburador, a manutenção do mesmo torna-se cara”, justifica Brito.

Sea-Doo
Uma das novidades da Seadoo é o RXT iS 255. Lançado no Rio Boat Show, em junho, é um jet ski de alta performance. Equipado com motor de 255hp, o modelo pode transportar até três passageiros.

O sistema iBR (Intelligent Brake and Reverse) oferece um nível totalmente novo de segurança e controle. Neste sistema, o freio fica no lado esquerdo do guidão, o acelerador à direita, totalmente intuitivo para quem já pilota motocicleta. O sistema de suspensão inteligente, o IS, está localizado entre o casco e o assento do passageiro e permite o movimento do caso independentemente da parte superior, isolando o piloto e o passageiro do impacto na água.

O modelo também é equipado com controle inteligente de aceleração, que inclui também controle de navegação, neutro e sistema de trim de alto desempenho. O guidão também é ajustável e o modelo possui defletores, que permitem uma pilotagem mais seca e confortável. Na feira, o modelo era vendido a R$ 76.100.


Esportes radicais
Apresentada pela X-Floats, o wake-kite acabou de desembarcar dos Estados Unidos. O nome já diz tudo, e junta a “pipa” do kite e uma prancha de wakeboard. O conjunto é rebocado por uma lancha ou jet, e pode ser utilizado tanto no mar quanto em águas mais calmas, como as represas. O kite custa R$ 5.900 (com os cabos) e a prancha, a partir de R$ 1 mil.

O wake-kite pode ser facilmente utilizado, segundo o piloto profissional de jet ski, Alexandre Sampaio, o Xan. “Só não é aconselhável em ventos fortes, principalmente para quem não tem muita experiência”, recomenda.


Thassia Ohphata
Fotos: Márcio Ishihara