Sua mensagem foi enviada com sucesso!

Notícias

Operação Biguá Sujo Não! acontece neste sábado em Florianópolis

07/10/2010
Compartilhar

Neste sábado, 9, às 10 horas, na praia de Jurerê Internacional, em  Florianópolis, Santa Catarina, o Instituto Sea Shepherd Brasil em conjunto com várias entidades, realizará a “Operação Biguá Sujo Não!”, um ato pacífico em defesa da vida marinha da região da baía norte de Florianópolis.

Com mais de 200 pessoas envolvidas e uma frota com aproximadamente 50 embarcações, a operação sairá da cidade de Biguaçu onde a empresa OSX, de Eike Batista, pretende construir um estaleiro.

Durante a ação, os voluntários das ONGs, associações e comunidades locais, serão convidados a fincar as bandeiras piratas da Sea Shepherd na praia de Jurerê Internacional, transformando o local em um grande cemitério, em luto às centenas de espécies de animais marinhos ameaçadas com a construção do estaleiro na região, que inclui uma reserva biológica, uma reserva ecológica e uma área de proteção ambiental.

Com a ação, a Sea Shepherd Brasil espera mobilizar a opinião pública contra os irreversíveis danos que a construção do estaleiro causará ao meio ambiente local, com reflexos na vida marinha de toda a região.

A instalação do estaleiro vem sendo motivo de grandes controvérsias pelo parecer negativo emitido ao ICMBio (órgão que tem poder de veto ao empreendimento) que ocasionou descontentamento na classe política e empresarial interessadas no negócio.

Por outro lado, as ONGs e associações locais defendem que a obra desrespeita a vocação econômica local (turismo), prejudicará o trabalho dos pescadores artesanais da região e, principalmente, modificará drasticamente o habitat de espécies como botos cinza, mero, biguá, tartarugas marinhas, lontras, baleias francas, jacarés de papo amarelo, entre várias outras. Todos que desejarem participar do evento ou apoiar a ação estão convidados a visitar o site para mais informações.

O Instituto Sea Shepherd Brasil (ISSB) – Guardiões do Mar – integra a Sea Shepherd Conservation Society (SSCS), a primeira ONG de proteção dos mares. Atualmente, a Sea Shepherd é considerada a ONG mais ativista do mundo e conta com a participação efetiva de milhares de voluntários.

Redação: Bombarco
Fonte: Instituo Sea Sherperd Brasil – http://blog.seashepherd.org.br/2010/10/06/operacao-bigua-sujo-nao/