Sua mensagem foi enviada com sucesso!

Notícias

Primeira etapa do Desafio Solar Brasil será no Clube Naval Charitas

29/04/2010
Compartilhar

O Clube Naval Charitas, de Niterói, RJ, será sede do Desafio Solar Brasil 2010, competição realizada pelo Pólo Náutico da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) nos próximos dias 7, 8, 9, 15 e 16 de maio.

O Desafio Solar é um evento internacional de embarcações movidas exclusivamente por energia solar. Esta será a segunda edição do evento no Brasil e pela primeira vez realizada na cidade de Niterói. Doze equipes compostas de alunos e professores de escolas técnicas, faculdades de engenharia naval e elétrica e escolas de vela competirão nas águas da Baía de Guanabara.

O estímulo ao desenvolvimento de tecnologias para fontes limpas e renováveis de energia, bem como divulgar para a sociedade o potencial dessas tecnologias aplicadas em embarcações de serviço, recreio e transporte de passageiros, é o principal objetivo do Desafio Solar Brasil. A primeira etapa será no Charitas e a segunda em Cabo Frio, no mês de agosto.

Em outubro 2009 o evento foi realizado na cidade de Paraty, sendo a primeira edição da América Latina. Até o ano passado este estilo de competição só havia sido realizado em rios, canais e lagos. O primeiro no mar foi a edição de Paraty. O ápice deste evento é o Frisian Solar Challenge, disputado no continente europeu, mais precisamente na Holanda.

O Pólo Náutico da UFRJ é responsável pela realização do evento. O objetivo é incentivar pesquisas e projetos que contribuam para o desenvolvimento da indústria marítima brasileira.

Nesta edição, serão doze equipes, sendo quatro provenientes de diversas instituições de ensino do estado do Rio de Janeiro, uma da UFSC, uma da UFRJ e duas do próprio Polo Náutico da UFRJ. Confira, abaixo, a relação das equipes:

1. Peixe Galo, do Projeto Grael;
2. Água Viva, do Instituto Náutico de Paraty;
3. Vento sul, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC);
4. Cajaíba, do Departamento de Engenharia Elétrica da UFRJ;
5. Peixe Sol, da Escola Técnica Henrique Lage (ETEHL)/ Clube Naval Charitas (CNC);
6. ETEHL-Náutica, da Escola Técnica Henrique Lage (ETEHL);
7. Búzios, do Tecnaval UFRJ;
8. Arpoador, do Polo Náutico UFRJ;
9. Albatroz, do Instituto Politécnico de Cabo Frio;
10. Solaris do IFF de Cabo Frio
11. Copacabana, do Polo Náutico UFRJ;
12. Ipanema, do Gremio Nautico da UFRJ.


Redação Bombarco
Fonte: assessoria de imprensa