Sua mensagem foi enviada com sucesso!

Notícias

Regatta Yachts realiza a 7ª Mostra de Barcos

16/11/2009
Compartilhar

As Marinas Nacionais, em Guarujá (SP), recebeu mais uma vez, a Mostra de Barcos da Regatta Yachts. Realizado entre 23 e 25, a sétima edição do evento reuniu barcos, novos e seminovos.

A exposição trouxe lanchas luxuosas e confortáveis de pequeno, médio e grande portes, econômicas ou de alta performance, das marcas Phantom e Fishing.

Entre as vedetes desta feira ao ar livre estiveram as luxuosas e espaçosas Phantom 500 HT e Fly. A HT - hard top – foi a primeira lancha do país a adotar a substituição do flybridge por um teto solar elétrico. Esse teto solar causa uma indescritível sensação de liberdade a bordo, além de aumentar a luz e a ventilação no salão principal do barco de comando único. Nela se encaixa também a Fly, que agradam pela elegância dos acabamentos e pelas bem traçadas linhas do casco. A área mais atraente dessas lanchas é a popa, que vem com sofá-solário, churrasqueira na própria plataforma, móvel, que desce até 80 centímetros, facilitando o embarque e desembarque de botes e jet skis, e privilegiando o lazer a bordo.

Pesca
Outro destaque da Mostra é a linha Fishing, barcos robustos para que quem gosta de pescar e enfrentar mar aberto. Nada impede também que essas lanchas sejam usadas também para passeios. Muitos modelos, entre os quais estão a nova 38 e a 375, são feitos para pescaria, mas também destinam ampla área ao conforto e ao lazer a bordo.

A navegalibidade da nova Fishing 38 Open é um dos diferenciais desta lancha, projetada para enfrentar as águas turbulentas do Atlântico Sul, com grande estabilidade, graças ao desenho do casco.

Já a Fishing 375 traz um novo conceito aos Utility Boat. Além do casco robusto e extremamente estável e seguro – característica das Fishing -, essa lancha vem com uma cabine, que acomoda uma cama de casal, banheiro, pia, microondas, ar-condicionado e armários. A área externa, mais espaçosa, favorece ainda mais o lazer. O console central otimiza a circulação a bordo. Esta lancha traz um solário e um bait station, com churrasqueira, geleira e pia, que ficam atrás do banco do comandante. Totalmente aberta, favorece o lazer para quem quer curtir o sol e o mar.

Exposição reuniu barcos novos e seminovos de diversas marcas
Em toda a exposição, os clientes puderam receber as orientações de profissionais especializados e também realizar testes drives das embarcações.

Segundo Marcelo Galvão Bueno, diretor da Regatta Yachts, para que a compra de uma embarcação seja eficiente, o cliente precisa definir de forma objetiva o uso que fará dela. Só assim saberá se precisa de uma lancha de pequeno, médio ou grande porte. “O momento é o melhor e mais oportuno para quem quer investir na compra do primeiro barco ou trocar o usado por um mais novo ou maior”, salientou o diretor.

A mostra foi realizada em duas etapas, uma antes do São Paulo Boat Show e outra após a realização da feira. “Com a crise os investidores ficaram em dúvida se adquiriam ou não os barcos. Agora, o pessoal começou a investir, pudemos ver no próprio Boat Show e os negócios também têm refletido aqui. Os clientes que visitaram o nosso estande na feira estão voltando aqui”, analisa Rafael Lima, do departamento de marketing da Regatta Yachts.

 

Redação Bombarco
Fotos: Márcio Ishihara