Sua mensagem foi enviada com sucesso!

Notícias

UFRJ realiza competição de barcos movidos à energia solar

16/11/2009
Compartilhar

A cidade de Paraty (RJ) sediou entre 16 e 24 de outubro o primeiro Desafio Solar Brasil, uma competição internacional de barcos movidos à energia solar. A universidades federais, UFRJ e UFSC, foram as campeãs nas classes monocascos e catamarãs, respectivamente.

O objetivo do evento é de estimular o desenvolvimento de tecnologias para fontes limpas e renováveis de energia, articulando centros de pesquisa do Brasil, da América Latina e da Europa, bem como divulgar para a sociedade o potencial dessas tecnologias aplicadas em embarcações de serviço, recreio e transporte de passageiros.

No acumulado da competição, na classe dos monocascos, o campeão foi o barco Carcará, seguido por Gabriela (ambos do Laboratório de Mecânica da Turbulência – Coppe/UFRJ) e Ipanema (do Grêmio Náutico da UFRJ). Na disputa dos catamarãs venceu Vento Sul (da Universidade Federal de Santa Catarina), seguido por Peixe Galo (do Projeto Grael de Niterói) e Água Viva (do Instituto Náutico de Paraty). No entanto, na prova do dia, o pódio ficou um pouco diferente: liderou a prova na classe dos catamarãs o barco Água Viva. O segundo colocado foi Peixe Galo. O barco Cajaíba ficou em terceiro lugar e a equipe subiu no pódio pela primeira vez. Entre os monocascos venceu o barco Carcará e Gabriela ficou em 2º. A equipe do Ipanema, que não completou a prova, não subiu no pódio.

Frisian Solar Challenge
A ideia de realizar o Desafio Solar Brasil surgiu com a participação da equipe da UFRJ, em junho de 2008, na Frisian Solar Challenge, competição que acontece no norte da Holanda a cada dois anos. O barco projetado e construído no Pólo Náutico completou as seis provas em quarto lugar da classe A, ficando em sétimo lugar na classificação geral, entre 48 equipes européias. O desempenho da equipe brasileira, batizada de “Copacabana”, rendeu um prêmio de incentivo dos holandeses, que se comprometeram a apoiar a competição brasileira para que ele se torne, em breve, uma das etapas de um campeonato mundial de barcos solares.

A pedido do Ministério da Ciência e Tecnologia, o Desafio Solar Brasil foi realizado durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. Além disso, com o objetivo de unir esforços, a Festa do Mar (evento de extensão da UFRJ que acontece há dois anos em Paraty) foi realizado entre 21 e 23 de outubro, com oficinas para crianças e jovens paratienses, além dos shows de bandas locais.

Redação Bombarco
Fotos: Divulgação