Sua mensagem foi enviada com sucesso!

Primeiro Barco

3 motivos para comprar um barco seminovo

1º Barco 14/05/2014
Compartilhar

Nada como um barco novo, mas isso não significa que você não deve considerar checar o Classificado de Seminovos antes de decidir qual lancha comprará.

Para fazer justiça às centenas de barcos usados esperando por um novo comandante, perguntamos a diversos brokers quais são as vantagens de comprar uma lancha seminova.

1. Preço

A maior depreciação de um barco acontece no primeiro ano, de 15% a 20% em média, logo, se você compra um modelo seminovo, mesmo que seja apenas com um ano de uso, pode conseguir um preço consideravelmente menor que de um modelo novo.




2. Revenda

Depois do primeiro ano de uso, a depreciação de um barco está mais ligada à conservação dele, por isso, se você fizer a manutenção da sua lancha de forma apropriada pode conseguir revendê-la no futuro por um bom preço.

3. Pronta entrega

Comprar um barco novo pode significar uma espera de 90 a 120 dias, dependendo do modelo e do estaleiro – por mais rápida que a linha de montagem seja, às vezes, existe uma fila de espera. Uma lancha usada está disponível para o uso do novo proprietário assim que o negócio é fechado.

Mas não deixe a pressa de navegar te cegar. A compra de um barco seminovo exige cuidados. Confira abaixo!

Contrapontos

Apesar de todas as vantagens, é preciso tomar certas precauções ao comprar uma lancha seminova. O broker Edmar Alves, da Mar & Vela, aconselha a dar preferência a barcos com até cinco anos de uso, porque eles geralmente estão em melhor estado e são mais modernos. Mas se você quiser um barco mais velho, contrate um especialista para fazer uma inspeção geral no barco, do motor ao casco.

Muitas lojas e brokers aceitam barcos usados como parte do pagamento por um modelo novo e têm as mesmas ressalvas. A MM Náutica, representante das marcas Schaefer (lanchas Phantom), Trinton e Fishing no Paraná, por exemplo, só aceita barcos com até cinco anos de uso ou com procedência de mercado. “Ela deve estar em bom estado de conservação, tanto de fibra como estofados e eletrônicos. Também é verificada a parte de motorização com inspeção pelos nossos técnicos que atestam o correto funcionamento do mesmo e condição de venda,” explica Rafael Carvalho, da loja paranaense.

O Grupo Sailing, representante, das embarcações da Beneteau, Monte Carlo Yachts e Lagoon no Brasil, também aceita barcos usados e faz uma avaliação das lanchas e veleiros antes de colocá-los a venda. O grupo leva em consideração: o ano, horas de uso do motor, estado geral de conservação e histórico de manutenções da embarcação.

Os barcos passam por uma vistoria no momento em que estão sendo avaliados em uma negociação e, caso algum item precise de reparo, o conserto é aprovado pelo proprietário antes de conclusão da negociação. O novo proprietário recebe o barco já revisado.


Confira todos os barcos seminovos à venda no Classificado do Bombarco!


Colaboraram com esta matéria as empresas All Mar, Grupo Sailing, New Boats, Mar & Vela, e MM Náutica!


Marília Passos para Bombarco
Fotos: Marília Passos/Bombarco