Sua mensagem foi enviada com sucesso!

Notícias

Angra dos Reis tem mais seis praias restritas à navegação

15/03/2010
Compartilhar

Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, tem cerca de 20 mil embarcações contra 13 mil carros. Isso aumenta os riscos de acidentes no mar. Em função disso o projeto Nado Livre, que demarca as áreas mais frequentadas por banhistas e proíbe o tráfego de qualquer tipo de embarcação, foi ampliado pela Prefeitura da cidade, por meio da TurisAngra, com a colocação de bóias em mais seis praias.

As novas praias demarcadas são: Gordas, Botinas, Lagoa Azul, Lage do Frade (Mombaça), Praia Grande e na Jurubaiba, na Ilha da Gipóia. Outras três já estavam demarcadas: Cataguás, Freguesia de Santana e Piedade.

O projeto consiste na demarcação do mar com bóias de sinalização náutica de polietileno com as inscrições: “área restrita a banhistas” ligadas com cordão de isolamento composto de cabo de nylon com flutuadores de polietileno, nas áreas selecionadas, privilegiadas para os banhistas, para que seja evitado o tráfego aquaviário de qualquer tipo de embarcação nesta área. As bóias também têm sinalização noturna.

O Nado Livre pode se tornar uma referência nacional na segurança aos banhistas, e vários municípios litorâneos da região, e até de outros estados. A previsão da TurisAngra é que mais seis praias sejam beneficiadas com o projeto Nado Livre: Lagoa Verde, Paquetá, Abraão, Abraãozinho, Praia do Café e Tanguá.


Redação Bombarco
Fonte: Assessoria da TurisAngra