Sua mensagem foi enviada com sucesso!

Notícias

EUA e Japão negociaram acordo secreto para derrubar defensores de baleias

10/01/2011
Compartilhar

Os Estados Unidos, um dos países que mais defendem as baleias, negociou com o Japão a sua ajuda para derrubar a ONG americana Sea Shepherd, que luta contra a caça nipônica aos cetáceos, em troca de Tóquio reduzir o número de animais abatidos todos os anos, revelam mensagens diplomáticas divulgadas pelo WikiLeaks.

O Japão e os Estados Unidos propuseram-se a investigar a situação fiscal da Sea Shepherd e a agir contra os ativistas, no âmbito de um acordo político para reduzir a caça à baleia na Antártica.

Os Estados Unidos propuseram que o Japão reduzisse o número de baleias mortas por ano na Antártida em troca do direito legal para caçar ao largo das suas próprias zonas costeiras. Além disso, os Estados Unidos propuseram ratificar legislação que daria “garantias de segurança nos mares”, numa referência a uma atuação contra grupos como a Sea Shepherd que, há anos tentam travar as frotas nipônicas. Esta organização tornou-se num motivo de embaraço e vergonha para o Japão, depois de ter impedido a sua frota de atingir a quota anual de animais mortos, revelam ainda as mensagens divulgadas pelo WikiLeaks.

Na semana passada, dois navios da Sea Shepherd – “Steve Irwin” e “Gojira” – envolveram-se em confrontos com dois baleeiros, com os activistas a lançar bombas de mau-cheiro para o convés dos navios japoneses. Estes responderam com canhões de água.

Redação: Bombarco
Fonte: http://ecosfera.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1474042

Foto: divulgação / Sea Shepherd